Justiça Eleitoral cassa prefeito de Arraial do Cabo

Denunciado por compra de votos e abuso de poder político, o prefeito de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos fluminense, Wanderson Cardoso de Brito, o Andinho (PMDB), teve o mandato cassado pela juíza Juliana Gonçalves Pontes, da 146ª Zona Eleitoral. A decisão alcança também o vice-prefeito, Reginaldo Mendes Leite (PT).

A ação foi proposta pelo Ministério Público que entendeu que, em evento realizado 15 dias antes das eleições de 2012, os dois “utilizaram efetivamente a máquina administrativa municipal para a captação ilícita de sufrágio”. Nesse evento o prefeito e o vice entregaram certidões de quitação de débitos do IPTU a moradores de bairros carentes do município.

Segundo a juíza, essa ação do governo serviu para “induzir os eleitores a acreditarem que estariam regularizando sua posse (dos terrenos) e incentivou a manutenção da população em área de risco, pois muitos dos posseiros beneficiados estavam em área de proteção ambiental”. Ainda cabe recurso junto ao Tribunal Regional Eleitoral.

Comentários:

Deixe um comentário para Antonio Paranhos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.