Oito ex-prefeitos dependem do TSE para manterem-se candidatos

Ex-prefeito de Duque de Caxias, José Camilo dos Santos, o Zito, está em campanha para deputado estadual. Sua candidatura pelo PP foi deferida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), mas o Ministério Público Eleitoral recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para tentar impugná-lo, mesma situação em que se encontra o ex-prefeito de Magé, Rozan Gomes (PTB), também candidato a uma cadeira na Assembleia Legislativa. Em posição mais delicada estão outros seis ex-prefeitos, que foram impugnados pelo TRE-RJ a pedido da Promotoria Eleitoral. Zito e Rozan aparecem no site que divulga as candidaturas com o status “deferido com recurso).

Candidatos a deputado estadual, Riverton Mussi (PMDB) e Carlos Augusto Balthazar (PSL), ex-prefeitos de Macaé e Rio das Ostras, respectivamente, segundo advogados que conhecem a situação processual dos dois, são os que se encontram em situação mais difícil, mas seus defensores, não pensam assim. Quem também teve suas candidaturas impugnadas pelo TRE-RJ e apelaram ao TSE são os ex-prefeitos Celso Jacob (Três Rios), Marcos da Rocha Mendes (Cabo Frio), Anabal de Souza (Seropédica) e Aparecida Panisset (São Gonçalo). Esses seis nomes têm o status “indeferido com recurso” e nesses casos, diz a legislação, se os recursos impetrados no TSE não forem julgados antes do pleito os votos a eles conferidos são computados em separado, passando a ser contabilizados só depois do julgamento e se a decisão do TSE lhes for favorável.

Comentários:

  1. É lamentável Elizeu Pires, como pode isso, depois de tudo de ruim que esse Carlos Augusto Balthazar fez por Rio das Ostras, ainda tem gente que vai votar nele, é o que eu sempre digo, cada povo tem o rei que merece.

    1. É verdade, cada povo tem o rei que merece. Vocês não escolheram o Sabino? Agora aguenta as irregularidades, as fraudes em licitações que estão sendo investigadas no MPF e no ME.

  2. O TRE também parece outra faceta da corrupção. Como os caras tem coragem de dar sinal verde pra um cara que deixou Caxias literalmente um lixão?!

Deixe uma resposta para Elô Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.