Ainda maior nome de Teresópolis, Mário Tricano poderá voltar ao poder mesmo que de forma indireta

Mesmo com a ficha borrada ao extremo e um histórico nada abonador, o ex-prefeito de Teresópolis, Mario Tricano, ainda pode ser o fiel da balança na sucessão do prefeito Arlei de Oliveira Rosa (PMDB), que ainda não deu uma palavra sobre o seu preferido para disputar a Prefeitura em 2016. A fila do beija-mão na porta de Tricano é volumosa, mas, impedimentos judiciais a parte, ele mesmo pretende ser o candidato, pois está convicto de ser ele senhor da vontade de parte grande dos eleitores teresopolitanos, o que foi comprovado no pleito de 2012, quando, mesmo impugnado, teve mais votos que o prefeito eleito: Mario, candidato do PP, teve 27.672 votos (46,59% dos votos válidos) e Arlei 24.819 (41,78%).

Apostando na possibilidade de estar “limpo” até às convenções de 2016, Tricano vai mantendo sua rede de poder no paralelo, cumprindo um ritual que o mantém forte concorrente, mas já sacou uma ideia que pode lhe garantir o poder ainda que não consiga sustentar juridicamente uma candidatura em 2016: levaria o nome e a legenda até os últimos dias de campanha e renunciaria na véspera do pleito, indicando um substituto que, ainda que de outro partido, concorreria com o 11 de Tricano.

Essa jogada não é nenhuma novidade e foi feita em dois pleitos consecutivos no vizinho município de Guapimirim. Em 2008 Renato Costa Mello Junior, o Junior do Posto, foi eleito prefeito com o 15 do tio Nelson do Posto, que havia sido impugnado 72 horas antes da votação e, em 2012, o 15 voltou a funcionar para um candidato que, se inscrito antes, deveria ter disputado com o 27 do seu partido, o PSDC: Marcos Aurélio Dias substituiu a candidatura de Ismeralda Rangel Garcia, do PMDB e se deu bem.

Como Mário é sempre visto como pule de dez em Teresópolis, deverá chover postulantes a candidato reserva em seu quintal.

Comentários:

  1. Mário Tricano é o candidato mais apto para governar a cidade de Teresopolis. Os demais não têm nada de ficha limpa e nem de anjos. O povo já provou a sua administração. Foi o unico prefeito q. fez algo pela cidade. Pode ter tido alguns deslizes. Quem não os tem? Está ai o governo dos prefeitos anteriores. Deixaram a cidade totalmente saqueada, no abandono total, quase pedindo esmolas. No escuro, sem calçadas e esquecida no mapa…
    É TRI, E TRI, E TRI e ponto…

Deixe uma resposta para MALU MUSSI Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.