Debandada no PSB de Magé

A entrada de Claudio no PSB desagradou a Carlos Prata, que está mesmo disposto a construir uma candidatura a prefeito

Vereador sai e leva 30 filiados com ele, mas número de baixas poderá ser maior

O diretório de Magé do Partido Socialista Brasileiro (PSB) deverá perder pelos menos 50 filiados ainda está semana, 30 deles ligados ao vereador José Carlos Prata Moreira, o Carlos Prata, que confirmou ontem a sua saída da legenda. Prata não gostou da entrada do vice-prefeito Claudio Ferreira Rodrigues, o Claudio da Pakera, no partido, aparentemente para disputar a Prefeitura em 2016. Claudio fala que pretende ser candidato, mas, nos corredores da política, tem dito temer pelo que poderia vir a acontecer com a sua renúncia como vice-prefeito, já que em 2010 o prefeito Rozan Gomes se afastou da Prefeitura para o então presidente da Câmara de Vereadores, Anderson Cozzolino, o Dinho, assumisse o governo, segundo se comentou na época, sob pressão. Essa alegação de Claudio é vista como argumento para sustentar uma desistência lá frente, pois ele não precisa renunciar sua condição de vice para ser candidato a prefeito e isso está bem claro na legislação.

Dentro do próprio PSB tem gente temendo que Claudio entre e depois não leve adiante uma candidatura majoritária, desencorajado pelos números das mesmas pesquisas que preocupam bastante o PMDB em relação a Ricardo Correa de Barros, o Ricardo da Karol. Por conta dessas avaliações lideranças partidárias locais chegam a brincar com os dois nomes: “Claudio e Ricardo são os adversários que todo adversário gostaria de enfrentar”. 

Nos próximos dias o vereador vai escolher uma das legendas que estão lhe abrindo as portas para ele poder tentar conquistar a Prefeitura no pleito do próximo ano. Carlos Prata saiu magoado do PSB, mas disse que está mesmo disposto a construir uma candidatura a prefeito, coisa que ele não acredita que o PSB vá conseguir. Enquanto isso o PMDB continua fazendo consultas periódicas para pautar sua escolha na convenção de junho do próximo ano. O próprio Ricardo da Karol – que tem se empenhado na realização dessas pesquisas – já percebeu que não pode ser de outro jeito, uma vez que os números das consultas de intenção de votos feitas para auxiliarem o partido em sua escolha tem apontado para outra direção.

Comentários:

  1. Duvido que o PMDB cometerá esse erro.. O Ricardo da Karol é fraco demais. Ainda bem que o Claudio não está mais no partido para atrapalhar a escolha do candidato.

  2. Já estou imaginando s cena: Se Cláudio for mesmo candidato vai sair às ruas com o Amisterdam, o Washington Reis, meia dúzia de meninas carregando bandeiras e povo ignorado. É fraco demais, coitado.

  3. Dr. Claudio? Desde quando tem de ser doutor para fabricar tubaínas. Quanto á candidatura de prefeito ele tem todo o direito de pleitear sim e levar seu nome ao julgamento das urnas.

  4. Não podemos esquecer que teremos novidade para prefeito , poi o partido patria livre está lançando o nome do Paulo Afonso ,que teve um trabalho importante nos governos de narriman zito e nubia. E poderá surpreender como a alternativa para Magé

  5. A Gustavo Knuffer – O elizeupires.com é um espaço jornalístico e não o fake de rede social usado para espalhar boatos e atacar pessoas. Temos responsabilidade sobre que veiculamos. Insistir com mensagens com informações duvidosas é mera tentativa de tumultuar o debate, o que nos damos o direito de reprovar.

Envie seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.