Casimiro de Abreu vai demitir mais 150 e cortar contratos

Antonio Marcos poderá deixar o herança maldita para o sucessor

Indicados por vereadores deverão ser os primeiros da lista. Aliados apontam desperdício pela proporção atual da crise financeira que atinge o município

Até a próxima quinta-feira uma lista com 150 nomes de ocupantes de cargos comissionados vai ser entregue ao prefeito Antonio Marcos Lemos e todos deverão ser exonerados possivelmente ainda está semana. As demissões estão sendo indicadas pelos integrantes de uma comissão de crise, que vão apontar também quais os contratos deverão ser reduzidos e os que poderão ser desfeitos. Na semana passada, informou uma fonte ligada ao governo, uma das empresas que atuam na área da limpeza só teria conseguido receber alguma coisa porque avisou que havia colocado seus trabalhadores em aviso prévio, uma vez que não estava recebendo pelo trabalho. De acordo com a fonte, os pagamentos tem sido feitos de forma seletiva e os fornecedores e prestadores de serviços do setor de saúde estariam como menos dificuldades para receberem suas faturas.

Para alguns aliados do governo, os efeitos da crise financeira só teriam tomado as proporções gigantescas atuais porque o dever de casa teria deixado e ser feito. No caso da limpeza pública, por exemplo, duas empresas (I-Service e Onix) foram contratadas praticamente para os mesmos serviços, já tendo recebido mais de R$ 50 milhões dos cofres da municipalidade. Outro sinal de um possível desperdício, apontado por aliados preocupados com a situação do município, é a contratação da empresa Fênix de Casimiro de Abreu Empreendimentos e Construções por R$ 271.501,31 por apenas 30 dias de trabalho, prazo estipulado no contrato 013/2015 firmado com o Fundo Municipal de Saúde para a entrega dos projetos executivos da Unidade Básica de Saúde inaugurada na Vila Campo Alegre, em Barra de São João, no dia 31 de março. A locação de automóveis também vista como desnecessária, pois o município conta com uma frota própria praticamente nova.

Em relação aos projetos contratados à Fênix, esta pode ter sido uma das muitas despesas apontadas como desnecessárias feitas pelo governo e que teriam contribuído para aumentar a crise financeira. É que a Prefeitura tem arquitetos em seus quadros e um deles foi até escolhido pelo prefeito como pré-candidato à sua sucessão. “Se o governo tem arquitetos e engenheiros em seus quadros por que precisa contratar uma empresa para fazer os projetos executivos de suas obras? Sinceramente acho que pelo menos nesse contrato aconteceu o desperdício do dinheiro público, até porque toda obra iniciada ou já inaugurada, noticiário oficial, é divulgada como resultado de projetos do arquiteto e subsecretário de Obras Fábio Kiffer”, questiona um membro da base de sustentação do prefeito Antonio Marcos.

Entre janeiro de 2014 e março deste ano a empresa I-Service teve a seu favor dez notas de empenho que somam mais de R$ 25 milhões. Os valores foram de R$ 4.543.500,00, R$ 2.226.720,28 e R$ 1.514.499,96 em 2014; R$ 1.942.525,75, R$ 3.525.853,37, R$ 1.017.646,67, R$ 1.676.258,06 e R$ 1.514.499,99 em 2015, mais R$ 4.543.500,01 e R$ 1.676.258,06 este ano, para os serviços semelhantes: alguns empenhos são para capina, varrição e limpeza manual e mecânica dos logradouros e passeios públicos, enquanto outros se referem ao pagamento dos serviços de “coleta de entulhos, galhadas e outros”.

Já a empresa Onix Serviços, que atua no mesmo ramo da I-Service, teve um empenho global em 2014 no valor de R$ 12.932.279,53, “referente a prorrogação do contrato de prestação de serviços de limpeza, varrição e coleta de resíduos das praias do município”, praias que estão na localidade de Barra de São João, onde a I-Service também está encarregada da “varrição e limpeza manual”, conforme está justificado no empenho de R$ 1.514.499,96 feito a seu favor no exercício e 2014.

 

Matérias relacionadas:

OS fica com a maior parte dos recursos em Casimiro de Abreu

Quanto custam as UBS de Casimiro de Abreu?

Envie seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.