Acabou a novela da feira de Piabetá

“Na semana passada fomos muito criticados em vir- tude da mudança de local da feira de Piabetá. Algumas pes- soas criticaram nossa ação dizendo que havíamos ‘ama- relado´ quando não conseguimos evitar que a feira fosse armada na Rua Santa Eliza. Na verdade tudo que ocorreu só serviu para evoluirmos no contexto de democracia dentro do nosso município. Depois de uma ação de inteligência das secretarias de Governo, Segurança Pública, Fazenda, Servi- ços Públicos, Associação dos Feirantes e Camelôs de Piabetá, prevaleceu a vontade das partes, que, selaram compromisso de juntos atenderem melhor a população que sempre será nosso alvo maior”.

A afirmação é do secretário de Segurança de Magé, Sérgio Venâncio, que evitou o confronto na confusão armada pelo ex-vereador Amsterdam Santos Viana, que insuflou alguns feirantes contra a mudança do local da feira, necessária para a realização de obras no centro de Piabetá. Com diplomacia, a situação foi resolvida e os feirantes que antes trabalhavam na Rua Santa Elisa agora montarão suas barracas na Rua Joaquim Leitão.

Na vida profissional aprendemos que uma ação mal desencadeada pode acarretar em péssimas consequências e estávamos diante de uma ação que envolvia pessoas de bem, trabalhadores os quais estavam buscando seu direito de trabalhar. Por esse motivo não houve qualquer ação de repressão contra eles naquele momento. Demos um passo importante ao colocarmos a feira na Rua Joaquim Lisboa, atendendo ao anseio de todos”, concluiu Venâncio.

Matéria relacionada:

Derrotados usam feirantes para tumultuar em Piabetá

Comentários:

  1. Tudo bem que a cidade não pode parar e que um prefeito tem de atender a todas as áreas, mas será que a reforma do centro de Piabetá é mais importante que a reforma do hospital de Magé por exemplo?

    Faço aqui, se o Elizeu me permitir, a seguinte enquete:

    Você mageense, prefere a obra de reforma do centro de Piabetá ou que o dinheiro que vai ser gasto nela seja investido na área da saúde?

  2. Não foi nada disso que aconteceu, na verdade o governo colocou cartazes que iria mudar o local da feira na quinta feira, e quando chegou no domingo, os feirantes não aceitaram, e o secretário mandou prender os feirantes, achando que tinha poder para isso, porém os policiais disseram que não iam prender ninguém, e se o secretário achava que tinha poder para tal, que o fizesse ele próprio, e os feirantes peitaram mesmo, e mostraram sua força, e o Prefeito teve que colocar a feira onde eles quiseram, pois se não o fizesse teria grande problema, isso é pra mostrar que o povo é quem manda, basta se impor, pois quem paga essa turma é o povo.

Deixe uma resposta para Lúcia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.