Depois do 13º, mais três abonos em Seropédica

Amanhã começam ser pagos aos professores os 14º, 15º e 16º

Começa nessa segunda-feira o pagamento dos 14º, 15º e 16º salários aos professores da rede municipal de ensino de Seropédica, benefício confirmado na sexta-feira pelo prefeito Alcir Martinazzo.  A concessão desses abonos é permitida por lei desde que não ultrapasse os limites de gastos com pessoal estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Os bene- fícios são concedidos quando há resíduo de verba específica para a Educação.

Em toda a Baixada Fluminense apenas Japeri e Sero- pédica conseguiram conceder abonos extras este ano para os profissionais de ensino. No interior fluminense, em Casimiro de Abreu o prefeito Antonio Marcos determinou o pagamento de um abono de R$ 600 para todos os servidores municipais, in- clusive os inativos. “Isso é o tipo de coisa que todo prefeito gostaria de fazer, mas para fazer isso é preciso ter sobra, o que é muito difícil de acontecer nos dias de hoje, pois a manutenção de uma administração pública não engloba apenas professo- res”, diz Jorge Costa Soeiro, do Instituto Brasileiro de Admi- nistração Municipal.

Comentários:

  1. Valorização de profissionais de educação não deve ficar sujeita a “sobra de resíduo”. A verba do FUNDEB é para ser usada única e exclusivamente na educação. O que acontece é o gasto exacerbado com inutilidades superfaturadas e admissões de contratados excedentes, fantasmas. Em Belford Roxo tem creches com 5 turmas apenas e 4 auxiliares administrativos para atender a demanda ínfima da secretaria, e os kits para as crianças embalados desnecessariamente em caixas de pizza com o logotipo da prefeitura que devem ter sido comprados a peso de ouro… É uma vergonha uma prefeitura dizer que não “sobrou” dinheiro… Onde está a transparência? A população precisa saber sobre estes gastos, senão vai continuar assim não sobrando nada.. também depois da compra de um lápis por R$15, uma borracha por R$10. Parabéns ao prefeito de Seropédica pelo compromisso, respeito e honradez aos demais prefeitos que estão fazendo o pé de meia certos que não terão outra oportunidade espero a derrocada política

    1. O Fundeb é da Educação e não dos professores. Vocês tem a mania de achar que é tudo de vocês. São o mínimo de 60% para remuneração e o máximo de 40% para manutenção da rede. Como professores deveriam saber interpretar o que diz a lei.

      1. Invejinha, Messias? Onde foi que eu falei que o FUNDEB é para remunerar professores disse que é para ser usado exclusivamente na EDUCAÇÃO. Visite creches e escolas em Heliópolis que estão destruídas graças a falta de manutenção e pioraram com as chuvas ou a E M Ernesto Pinheiro no bairro Nova Aurora que foi inundado graças a falta de limpeza do valão, isto porque se investe 40%!!! O quadro de funcionários em B Roxo está inchado graças a este festival de contratações e comissionados e o IDEB despencando. Gasta-se o dinheiro da educação com futilidades… O prefeito de Seropédica deve ser aplaudido de pé, os professores são verdadeiros guerreiros, merecem isto e muito mais. Ele teve dinheiro para esta ação porque foi um bom gestor e não um marionete nas mãos de vereadores chacais e suas corjas de bajuladores incompetentes que não passam em concursos.

      2. Messias vc esta certo, mas comprar um lápis a 15,00 e uma borracha a 10,00; me desculpe mas vc deve estar levando algum benefício pr defender este absurdo.

  2. O que eu acho engraçado é que o professor se acha melhor que os demais servidores. Sabe que o salário é esse, faz concurso e depois começa a reclamar. Adora fazer greve, mas não gosta de repor as aulas. Aqui em Valença está acontecendo isso.

  3. Em resposta a Duda e a Messias também, vocês estão desinformados, a prefeitura de Belford Roxo concedeu um abono de R$ 700,00. Isso foi publicado no último sábado (28/12/2013) talvez por isso vocês ainda não ficaram sabendo. Fiquem na paz.

    1. Não estou desinformada sei deste abono de R$700. O que está movendo as discussões nas comunidades do face é o valor ridículo. Quem trabalha na rede conhece a realidade e vê claramente que o destino do FUNDEB passa longe de melhorias em prol da educação. Escolas refletem o abandono, professores mal remunerados ahhhhhhhhh mas não podemos reclamar fizemos concurso para ganhar este salário e auxílio transporte de R$78 que não cobre tarifa modal mensal. Enquanto isso o município recebe verbas e pasmem nada muda, nada melhora, IDEB despenca. Onde vai parar o dinheiro? Ahhhhh mas professor reclama demais, acha que é melhor que o mundo inteiro, tem que se recolher a sua insignificância né. FUNDEB se me recordo tem tempo de vigência, ano para acabar, só não sei se depende do alcance do objetivo de sua criação que está longe de ser atingido na maioria dos municípios.

      1. Tens razão FUNDEB tem vigência até 2020. Em relação a porcentagens MÍNIMO de 60% destinado a remuneração e MÁXIMO de 40% manutenção da rede, quem não for analfabeto funcional entenderá que o percentual destinado a remuneração pode ser aumentado e via de regra o da manutenção reduzida. Em NÁRNIA ou no REINO ENCANTADO DE OZ onde não existe corrupção uma vez bem empregado o FUNDEB desde sua criação ocorreu o seguinte, o gestor utilizou o jabaculê de manutenção devidamente na construção e na conservação das escolas sendo assim ao passar dos anos percebe-se a possibilidade de redução de investimento nesta área pois já foi atendida prontamente e os problemas são ínfimos demandam pequenos ajustes. Nooossa sobrou dinheiro para o 14°, 15°, 16°…..59° salário dos professores!!! Feliz 2014.

Deixe uma resposta para Vilmar Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.