Ex-prefeito de Campos na lista dos mais multados pelo TCE

Alexandre Mocaiber já está encostando em Chiquinho da Educação

Apontado como o pior prefeito da história do município de Campos, o médico Alexandre Marcos Mocaiber Cardoso, está entre os prefeitos mais multados e com contas de gestão reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Na semana passada ele recebeu a 53ª multa aplicada pela corte de contas, esta no valor de R$ 22,9 mil, por ter repassado irregularmente recursos para a ONG Es- porte Sem Fronteiras, em 2005. A ONG, por sua vez, terá que devolver R$ 16.597,07. Mocaiber, que deixou a Prefeitura no dia 31 de dezembro de 2008, em contas reprovadas, só perde pelo ex-prefeito de Araruama, Francisco Carlos Fernandes Ribeiro, conhecido como Chiquinho do Atacadão e também como Chiquinho da Educação. Alexandre tem quatro contas reprovadas e Chiquinho cinco. O primeiro está inelegível até 2016 e o segundo até 2020.

Mocaiber saiu do governo com 74% de reprovação e vários membros do primeiro escalão de sua gestão chegaram a ser presos por prática de irregularidades e acusados de corrupção. Em novembro do ano passado ele foi condenado pelo TCE a devolver R$ 2,68 milhões aos cofres públicos, por ter contratado, por valor acima do mercado, o Instituto de Desenvolvimento e Apoio a Projetos Integrados (Idapi) para executar serviços na área de informática.

Segundo o Tribunal de Contas, de 2006 a 2007, o Idapi recebeu da Prefeitura cerca de R$ 4.5 milhões para fornecer licenças de uso de software, treinar pessoal e fazer a manutenção do sistema de informática, mas os serviços foram prestados por uma segunda empresa, a RM Sistemas, que recebeu por isso cerca de R$ 1,8 milhão.

Comentários:

Deixe uma resposta para Alice Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.