TRE condena ex-vereador e diretora de escola por compra de votos em Magé

Valdeck e professora terão de prestar serviços a comunidade por dois anos

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) divulgou agora há pouco sentença proferida contra o ex-vereador de Magé, Valdeck Ferreira de Matos da Silva (PR), condenando-o a dois anos de prisão, convertidos em prestação de serviço à comunidade, por compra de votos nas eleições de 2008. Ele já havia sido condenado antes a perda do mandato.

Segundo o voto do relator do processo, juiz Flávio Willeman, Valdeck “ofereceu material escolar (mochilas e tênis) aos alunos da Escola Municipal João Espiridião dos Santos, na presença dos pais e responsáveis pelos estudantes (cerca de 70 pessoas), com a finalidade de cooptar-lhes o voto”.

Com ele também foi condenada a professora Eliane Gonçalves Pinho, que na época era diretora da escola. Ela foi acusada pelo Ministério Público de entregar os objetos e recebeu pena de um ano e seis meses de reclusão, também convertidos em pena restritiva de direitos. Os dois deverão prestar serviços comunitários pelo mesmo prazo da pena privativa de liberdade, com carga horária de sete horas semanais.

Comentários:

  1. Quer dizer usaram dinheiro publico, pago pelo dinheiro do imposto de renda e outros q foi pago por mim. Tá em liberdade. E nada aconteceu de fato…Justiça falha&%$#@!

  2. Como é que eu faço para conseguir essa mão de obra do Valdeck, pois onde moro, a minha rua tá cheia de mato e é preciso dá uma capina e limpara umas valas. Pode deixar que a enxada e a foice eu forneço. Ué, não para prestar serviço a comunidade? Ele tem que trabalhar onde todo mundo vê né!

    1. Boa noite. A pena é de dois anos e a inelegibilidade dele, na condenação que lhe tirou o mandato, já estará prescrita. Se ele não recorrer dessa sentença de agora poderá ser candidato pois até a data limite para se registrar uma eventual candidatura, em 2016, pois ela já terá sido cumprida e ai ele poderia ser candidato. Se ele recorrer a instância superior e a decisão lhe for contrária a pena será contada a partir dessa decisão e ai dificilmente ele poderá concorrer. Se eu fosse ele não recorreria, começaria a cumprir a pena antes de junho de 2014 para estar limpo a partir de junho de 2016 e poder disputar a eleição, pois duvido que ele não se reelegesse. Abraço a todos e fiquem com Deus.

  3. maria de maua

    Valdeck , deu um show como vereador , é uma covardia , não reconhecer . Foram cinco escolas modelos construídas , cinco Psf, com cinco especialidades , hoje o Psf, nao medico , remedio, exames. Valdeck foi cassado por tentar ajudar o povo, dando tenis de mola , mochila, capa de chuva e sombrinha. Nao roubou o dinheiro publico como muitos que nada fazem ! Se sua rua esta com mato, vc deve se lembrar que ” Valdeck , nao é mais vereador a cinco anos . A epoca de ouro acabou ! Quem perde e perdeu foi o povo de Mauá , que esta abandonado , pois esses vereadores que estão aí, só querem saber de encher o bolso !

    1. Caracoles, não sabia que Valdeck tinha sido Prefeito em Magé, pra ter construído escolas, psf, ter dado material escolar, roçado ruas… E pensando que tinha sido vereador, kkkkkkkkkk!!!

  4. Moro em maua ,há 30 anos , e tenho que reconhecer que VAldeck, foi a melhor coisa que aconteceu para este fundo de Baia , com ele maua era bem cuidado , o dia estava amanhecendo e valdeck ja estava no posto de saude de Maua , fiscalizando , muitas ruas foram asfaltadas , nao faltava medico , remedio e atençao . Por isso quero dizer ao Valdeck , que nem jesus cristo agradou a todos ! Não desista te esperamos em 2016 , porque voce fez a diferença

  5. Bom dia. Para comentar essa matéria não é necessário ofender a ninguém. O elizeupires.com é um espaço jornalístico. Temos responsabilidade com o que publicamos, inclusive pela irresponsabilidade dos que se escondem no anonimato para falarem aquilo que não tem coragem de afirmar de forma exposta

Deixe uma resposta para Gustavo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.