Presidente da Câmara de Vereadores de Meriti é preso em operação contra fraude em venda de respiradores para o governo de Santa Catarina

O vereador Davi Perrini Vermelho, o Didê (foto), presidente da Câmara Municipal de São João de Meriti, foi preso na manhã deste sábado (6), numa operação realizada para cumprir cinco mandados de busca e apreensão e três de prisão, no âmbito das investigações de irregularidades numa compra de respiradores por R$ 33 milhões pela Secretaria de Saúde do Estado de Santa Catarina, junto à empresa Veigamed, sediada em Nilópolis.

De acordo com as investigações houve superfaturamento na compra paga antecipada. Tambem foi preso o advogado César Augusto Martinez Thomaz Braga, que assinou documentos como diretor jurídico da Veigamed. Pedro Pedro Nascimento Araújo, diretor executivo da empresa é considerado foragido.

A operação é resultado do trabalho de uma força tarefa formada pelo Ministério Público de Santa Catarina, Tribunal de Contas e Polícia Civil daquele estado.

Matérias relacionadas:

Empresa do escândalo dos respiradores em Santa Catarina é da Baixada

Saúde de Rio das Ostras compra, sem licitação, R$ 1,8 milhão em insumos da empresa do escândalo dos respiradores de Santa Catarina

Envie seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.