Empresa que vai receber R$ 42 milhões para fornecer alimentos às escolas de Magé tinha como atividade principal pintura de prédios

● Elizeu Pires

Dona de um contrato de R$ 42 milhões com a Prefeitura de Magé, a da MB Comércio Varejista de Alimentos mudou de nome, endereço e teve a atividade econômica alterada antes de concorrer no Pregão 010/2021, realizado no dia 8 de junho, com valor global estimado em R$ 69.037.206,66. Hoje com o nome fantasia MB Alimentos, a empresa chamava-se MB 2, tinha capital social de R$ 20 mil e estava sediada num prédio de apartamentos da Rua Mario Agostinelli, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

O CNPJ é o mesmo, mas as atividades que eram “serviços de pintura de edifícios em geral” e “serviços especializados para construção” mudaram para comércio varejista de hortifrutigranjeiros; atacadista de água mineral, produtos de higiene, limpeza e conservação domiciliar; comércio varejista de laticínios, frios e carnes; comércio varejista de produtos alimentícios em geral; transporte rodoviário de carga, e até venda de “combustíveis, minerais, produtos siderúrgicos e químicos”.

Conforme já foi revelado, segundo consta do cadastro da empresa junto à Receita Federal, a MB Alimentos está sediada na Avenida do Sol, número 569-A, no bairro Vila Olímpia, em Guapimirim, aparecendo com capital social de R$ 700 mil, apenas 1,66% do total de um contrato firmado com a Prefeitura de Magé para fornecer gêneros alimentícios e kits de alimentação à Secretaria de Educação por um período de 12 meses, com valor global de R$ 42.827.733,72.

A hoje MB alimentos ficou com o lote maior do pregão da merenda. O lote maior – com valor total de R$ 26.205.045,35 – ficou com empresa Nutri Foods Refeições, que consta como sediada em Nilópolis e tem capital social de R$ 4 milhões, quase seis  vezes mais que o da MB Comércio Varejista de Alimentos vencedora do lote maior. Em favor da MB já foram emitidas três notas de empenho que somam R$ 2.748.475,00, mas ainda não aparece no sistema nenhum pagamento efetuado em favor dela.

Matérias relacionadas:

Magé: Empresa que vai receber R$ 42 milhões para fornecer alimentos às unidades da rede municipal de ensino consta na Receita com capital social equivalente a menos de 2% valor do contratado pela Prefeitura

Tribunal de Contas e Ministério Público consideram ‘incompatível’ publicação de aviso de uma licitação de R$ 2,7 milhões feita em Japeri, mas a Prefeitura de Magé já usou o mesmo jornal para editais que somam 30 vezes mais

Envie seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.