Casimiro de Abreu: Empresa encarregada da coleta de lixo já recebeu cerca de R$ 20 milhões da atual gestão, mas nem por isso presta um bom serviço, reclamam por lá

● Elizeu Pires

Responsável pelo serviço de coleta de lixo em Casimiro de Abreu, a Ecomix Gestão e Planejamento já recebeu dos cofres da Prefeitura na atual gestão cerca de R$ 20 milhões. Foram R$ 13.035.724,11 em 2021, e R$ 6.923.571,25 nos primeiros seis meses deste ano. Se boa para pagar, a gestão do prefeito Ramon – que quando vereador era uma metralhadora giratória contra o governo – é péssima para fiscalizar, pois vem quitando as faturas sem questionar os serviços prestados pela empresa, considerados como “muito ruins” por moradores dos bairros periféricos.

Com execeção de apenas um de seus integrantes – o vereador Pedro Gadelha, que tem criticado a precariedade da coleta de lixo na cidade –, a Câmara Municipal também não fiscaliza nada. Em março do ano passado os vereadores Tiago Magalhães Vieira e Marcos Frese Miller, fizeram um requerimento de informações ao governo.

Queriam saber, segundo eles “para fiscalizar”, o número de funcionários contratados pela Ecomix e suas funções descriminadas, quantidade de máquinas e caminhões utilizados pela empresa na prestação de serviço, qual o valor pago por metro coletado e como era feita a forma de pagamento dos funcionários. Não se sabe que tipo de ação fiscalizadora os dois parlamentares fizeram, mas o fato que lá se foram 16 meses desde a aprovação do tal requerimento e nada mudou.

Como a Prefeitura não disponibiliza informações claras e objetivas no que o prefeito Ramon Gidalte tem coragem de chamar de Portal da Transparência, o cidadão interessado em fazer o controle social por força de lei fica a ver navios. Não para saber, por exemplo, os valores pagos mensalmente à empresa. A única coisa que está muito clara na cidade é o descontentamento dos contribuintes que pagam a fatura com a atuação da empresa.

Envie seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.