Belford Roxo não tem mais desculpa para calote em professores

Repasse do Fundeb nesta terça-feira foi de mais de R$ 5 milhões. Todas as prefeituras da Baixada Fluminense receberam mais dinheiro para a Educação. Caxias teve um crédito de R$ 11.133.044 e Nova Iguaçu R$ 9.052.768,71

O que começou fraco melhorou e muito. Os repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação que estavam menores até a última sexta-feira, cresceram bastante para todos os 13 municípios da Baixada Fluminense, o que significa dizer que o prefeito de Belford Roxo, Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho (foto), que até agora não apresentou uma proposta de parcelamento dos atrasados dos servidores do setor de Educação, não tem mais desculpas para não fazê-lo. No início da noite dessa terça-feira foi feito um crédito de R$ 5.309.083,97 pelo Fundeb para a Prefeitura, o que somado aos R$ 2.882.368,59 que entraram nos 13 primeiros dias do ano dá o total de R$ 8.191.452,56. O mesmo vale para o município de Duque de Caxias, onde os professores também estão sem ver a cor do dinheiro: o repasse do Fundeb feito hoje aos cofres duquecaxienses soma R$ 11.133.044,16 e o acumulado de janeiro chega R$ 16.873.091,08.

Na quinta-feira os profissionais de ensino do município de Belford Roxo farão uma assembleia para decidirem as ações que serão feitas pela categoria, que exige do prefeito muito mais que o pagamento em dia durante os 48 meses de sua gestão. Os professores querem que Waguinho defina como serão pagos os meses de novembro, dezembro e o décimo terceiro salário. Até agora o prefeito vem se recusando a falar sobre um calendário de pagamento e também não mostra as contas da Educação para que os servidores fiquem sabendo o que de fato ocorreu com os repasses do Fundeb relativos a dezembro de 2016, que chegaram a exatos R$ 12.023.848,59.

De acordo com o Demonstrativo de Distribuição de Recursos do Banco do Brasil, depois de Duque de Caxias Nova Iguaçu é o município da Baixada que mais dinheiro do Fundeb recebeu nesta terça-feira, um crédito de R$ 9.052.768,71, seguido de Magé com R$ 5.029.961,46, enquanto São João de Meriti recebeu R$ 3.461.300,56. Já a Prefeitura de Itaguaí recebeu R$ 3.171.932,77 e a de Seropédica R$ 2.264.456,15. Depois vem Japeri com R$ 2.145.768,90 e Queimados com R$ 2.065.354,50. Mesquita teve um crédito hoje de R$ 1.906.613,46, Nilópolis R$ 1.593.586,97, Guapimirim R$ 1.106.698,38 e Paracambi R$ 795.766,29.

Comentários:

  1. QUAL A DIFICULDADE QUE VOSSA EXCELÊNCIA TEM EM PAGAR OS SALÁRIOS DOS SERVIDORES…. SERÁ QUE O SR. NÃO PERCEBI QUE O ANO LETIVO NÃO VAI COMEÇARA SE NÃO TIVERMOS COM OS NOSSOS SALÁRIOS EM DIA. O SR. TEM NOÇÃO DO ESTRAGO QUE ESSA FALTA DE PGTO ESTÁ CAUSANDO NAS NOSSAS VIDAS. ENTÃO POR FAVOR NEM PENSE EM PAGAR JANEIRO DIA 28 POIS NÃO VOLTAREMOS SEM OS SALÁRIOS ATRASADOS E DÉCIMO TERCEIRO EM DIA. É A ÚNICA MANEIRA DE AMENIZAR A DESORDEM FINANCEIRA QUE ESSES GESTORES INCOMPETENTES FIZERAM NA NOSSA VIDA.

  2. GREVE!!!! Sem pagamento que as crianças sejam conduzidas pra casa dele, que ele lecione. Estamos com salários atrasados e defasados o auxílio transporte é uma vergonha e as tarifas de ônibus este ano já aumentou. O MP só vai a Belford Roxo tomar cafezinho.

  3. Nem promessas o.atual prefeito faz!Disse que num.ato de boa vontade antecipará o pagamento de fevereiro, não irá atrasar os demais(na sua gestão tudo será correto),o excelentíssimo ignora que somos funcionários da Prefeitura de Belford Roxo e não do coronel Dennis ou Waguinho!A dívida dá prefeitura é sua excelentíssimo prefeito,nosso salário não é favor ou boa ação!Um novo tempo onde nosso concurso, trabalho e profissionalismo está nas mãos do coronel!

  4. Nem com ordem da justiça para pagamento em 24h ele cumpre com o dever. Os servidores estão ferrados. Esta fazendo maquiagem no município e seus eleitores aplaudindo, quero ver quem vai ficar feliz quando o ano letivo começar e as escolas estiverem sem professores não terão onde “jogar” suas “criança”. Ninguém aprende nada mesmo neste cenário de precariedade, as escolas são um lixo. Muitos diretores escolhidos por vereadores vão permanecer só trocarão de unidade e seu trabalho ineficiente continuará, enquanto o interesse político for maior que a preocupação com a qualidade da educação BRoxo estará nas trevas. Fantasmas na folha de pagamento sao eternos garantidos por diretores a quadrilha que sempre habitou a Semed, nada muda.

  5. Hoje pela manhã vi uma postagem q me deixou muito triste. Enquanto o Sr prefeito estava cortando o cabelo e cuidado do seu visual meus filhos estão cabeludo pois trabalhei e ñ recebi. Ao de cuidar apenas do seu visual q tal cuidar melhor dos servidores da prefeitura q o Sr assumiu.

Deixe uma resposta para Amanda da Silva sant Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.