Prefeito deixa faltar remédios em Silva Jardim

Quem busca socorro na rede municipal de atendimento tem reclamado da falta de remédios (Foto: Ivan Teixeira)

Mas os fornecedores não deixam de receber

A rede municipal de saúde de Silva Jardim, além da falta de médicos e pessoal de apoio, problemas ampliados depois que o prefeito Anderson Alexandre conseguiu se reeleger, está deixando a desejar também no fornecimento de remédios aos pacientes que dependem do abastecimento da farmácia básica. De acordo com as reclamações, têm faltado medicamentos até para os que buscam socorro no Ambulatório de Especialidades e na Unidade de Atendimento Pré-Hospitalar Ângela Maria da Costa Brito, o que não deveria ocorrer, uma vez que a Prefeitura vem gastando muito dinheiro com a aquisição de remédios e produtos correlatos junto a vários fornecedores, principalmente as empresas Kadmed, Carioca e M4X, que teriam ligações com ao mesmo grupo que controlaria a Kadmed.

De acordo com as estimativas, entre janeiro de 2013 e dezembro de 2016 o município teria gasto cerca de R$ 25 milhões na compra de medicamentos e correlatos, mas o sistema da Prefeitura registra pagamentos de pouco mais de R$ 16 milhões. A administração municipal omite as informações que deveriam ser disponibilizadas no Portal da Transparência, o que é visto como uma manobra para evitar o controle social. Em relação ao ano passado, por exemplo, o sistema apresenta dados apenas até ao mês de agosto, mesmo assim de forma incompleta.

Segundo consta do limitado e desatualizado Portal da Transparência de Silva Jardim, a empresa Kadmed, sediada em São Gonçalo, que recebeu R$ 3.633.515,74, faturou R$ 1.525.813,85 em 2015 e R$ 2.107.701,89 2014, enquanto a Carioca Medicamentos faturou R$ 1.121.627,93 entre 2013 e 2015 e a M4X R$ 2.052.451,39 de 2014 a agosto do ano passado. Também foram feitos pagamentos em favor das empresas Telemedic (R$ 2.902.753,25), Humanas Biomédica (R$ 138.510,00), Sogamax (R$ 2.594.509,14) e a E. Zacarias do Nascimento (R$ 294.309,85).

Envie seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.