TSE vai decidir amanhã se Itatiaia terá ou não nova eleição

Independente do resultado há outro processo a ser pautado, também prevendo a possibilidade de um pleito suplementar

Em situação difícil, Dudu ainda é alvo de mais um processo

Está confirmado para a sessão de amanhã (15), no Tribunal Superior Eleitoral, a continuação do julgamento do recurso especial impetrado pela defesa do prefeito de Itatiaia, Eduardo Guedes, o Dudu, que foi o candidato mais votado. O processo pautado – no qual já há um voto pelo indeferimento do registro de candidatura – trata-se de uma ação do Ministério Público, que pediu a impugnação de Dudu por considerar que ele estaria disputando um terceiro mandato consecutivo, o que a legislação não permite.

Caso o TSE confirme o registro, o resultado não põe um ponto final na pendenga, pois a outro processo a ser julgado e que até a última sexta-feira ainda não tinha sido remetido ao TSE. Esse trata-se da impugnação do Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP) da chapa Dudu/Jabá, por conta da “participação” de uma filiada morta na convenção realizada pelo PSL para indicar o ex-vereador Sebastião Mantovani, mais conhecido como Jabá, como candidato a vice-prefeito.

Segundo o Ministério Público, uma filiada falecida no dia 21 de janeiro deste ano foi dada como presente ao ato convencional que aconteceu sete meses depois.

Envie seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.