Ação do MP atinge dois grupos políticos em Casimiro de Abreu

Desgaste seria igual para o atual e o ex-prefeito da cidade

 

O prefeito Paulo Dames (foto) recebia amigos em seu sítio quando a polícia chegou. Um grupo de agentes envolvidos na operação “Os Bastidores”, realizada pelo Ministério Público na última sexta-feira (20), já havia estado em outros endereços, inclusive na casa do ex-prefeito Antonio Marcos Lemos, que teve a prisão temporária decretada pela Justiça. Paulo é investigado no inquérito que apura a denúncia de compra de voto de um vereador para reprovar as contas de Antonio, que por sua vez é investigado por possível prática de extorsão, associação criminosa e tráfico de influência, não extorsão de dinheiro, mas, supostamente, de votos na Câmara para eleger o próximo presidente da Casa. Os trabalhos de apuração estão apenas no início, mas nos ambientes políticos locais o que se comenta é que o desgaste é igual para os dois grupos.

A operação “Os Bastidores” foi gerada pelas denúncias apresentadas ao MP no último dia 13 pelo vereador Leilson Ribeiro da Silva, o Neném da Barbearia (MDB), que entregou à Promotoria cinco arquivos de áudio com conversas entre ele, o presidente da Câmara Rafael Jardim, o também vereador Bruno Miranda e o empresário Wender Veloso, o Careca do Gás, gravações feitas pelo próprio Neném para, segundo ele, sustentar sua revelação de que fora alvo de uma tentativa de compra de votos para que ele “desaparecesse””no dia 11 de abril, dada da sessão na qual as contas do ex-prefeito Antonio Marcos foram apreciadas. Pegaram mal para o vereador os fatos de ele ter esperado mais de dois meses para procurar o Ministério Público e de só tê-lo feito após uma operação de busca e apreensão na residência de Rodrigo Barros, que mantém a página Os Bastidores no Facebook , a quem  ele teria confiado cópia dos áudios.

No caso denunciado por Neném da Barbearia, em dos áudios, Careca do Gás afirma que os R$ 100 mil a serem pagos se ele aceitasse faltar à sessão da  votação das contas, seriam entregues num apartamento de Paulo Dames, em Niterói, onde Neném poderia conversar com o prefeito sobre outros assuntos, que se poderiam ser cargos no governo.

 

Matérias relacionadas:

Gravações poderiam estar sendo usadas para favorecer eleição do próximo presidente da Câmara de Casimiro de Abreu

Justiça afasta três vereadores de Casimiro de Abreu no caso da compra de votos para reprovação de contas de ex-prefeito na Câmara

Escândalo abala as estruturas do governo em Casimiro de Abreu

Escândalo em Casimiro de Abreu: denúncia só foi feita após apreensão

Vereador denuncia esquema de compra de voto para reprovar as contas do ex-prefeito na Câmara de Casimiro de Abreu

Envie seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.