Mais um ex-prefeito quer voltar ao poder em Japeri

Bruno Silva anuncia pré-candidatura para 2020

 

Em 2004, sem dinheiro no bolso, mas com sola de sapato para gastar, um pato novo na lagoa da política desbancou a máquina administrativa na disputa pela Prefeitura de Japeri. Candidato do PSDB, Bruno Silva dos Santos (foto) somou 22.824 votos e derrotou o prefeito Carlos Moraes Costa, que concorreu pelo PSC. O principal discurso de Bruno à época foi contra as casas de custodia instaladas na cidade. Coincidentemente o assunto volta a pauta, pois o governador Wilson Witzel está procurando uma área de 30 mil metros quadrados para construir um novo presídio, um prédio vertical com 12 pavimentos. Bruno anunciou hoje (2), que pretende concorrer a prefeito em 2020, e já está com o discurso na ponta da língua: presídio não!

A vitória sobre o candidato da máquina administrativa foi apertada, uma diferença de apenas de 1.727 votos, mas um grande feito para um candidato sem dinheiro e sem qualquer experiência política. Em 2008 Bruno abriu mão da reeleição e apoiou o então vereador Ivaldo Barbosa dos Santos, Timor, que derrotou dois pesos pesados juntos, Carlos Moraes Costa e o hoje presidente da Assembleia Legislativa, André Ceciliano, e voltou a derrotar os dois em 2012, quando foi reeleito com 41,73%, contra os 27,27% conferidos a Carlos Moraes e os 26,83% obtidos por André.

“Mesmo sem experiência e apesar dos poucos recursos tenho certeza de que não fiz uma gestão ruim. Hoje a situação é bem diferente. Aproveitei o tempo fora da vida pública para estudar, adquiri a experiência necessária e Japeri tem muito mais recursos agora”, diz Bruno, que pretende por o bloco na rua contra a construção de um novo presídio independente de uma possível candidatura.

Matéria relacionada:

Timor poderá disputar Prefeitura de Japeri no Podemos

Comentários:

Deixe um comentário para JORGE MAIA DE LIMA Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.