E os atrasados, prefeito?

Novo gestor de Caxias diz que vai antecipar salário de janeiro, mas…

Embora o município tivesse recebido R$ 246 milhões em repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação no ano passado, o ex-prefeito Alexandre Cardoso saiu deixando os professores na mão. A Prefeitura de Duque de Caxias pagou apenas parte do salário de outubro, pulando o décimo terceiro e os meses de novembro e dezembro, que não deverão ser pagos tão cedo. Washington Reis (foto) – sucessor de Alexandre – confirmou na manhã desta sexta-feira (6) que vai antecipar para a próxima semana o pagamento do mês de janeiro para todos os servidores municipais, mas não disse quando pretende quitar os atrasados. A exemplo dos profissionais de ensino de Belford Roxo, os professores de Caxias já deixaram claro que não entrarão em sala de aula antes que a situação seja resolvida.

O atraso nos salários afeta milhares de famílias em Duque de Caxias, onde não um servidor sequer que tivesse recebido salário com regularidade no município. No caso dos professores há um agravante: os vencimentos da categoria estão garantidos pelo Fundeb, com repasses que nunca sofrem atrasos. Nos últimos três meses de 2016 os créditos do fundo somaram exatos R$ 61.500.945,96. Foram R$ 17.449.412,60 em outubro, R$ 22.009.625,70 em novembro e R$ 22.041.907.58 em dezembro. Nos seis primeiros dias de 2017 os repasses do Fundeb para o município já somam R$ 2.112.446,77 e o dinheiro foi creditado nos dias 3 e 4.

Comentários:

  1. Parabéns a este órgão de comunicação pela veracidade das matéria. Além de parecermos com atraso de salários e condições insalubres de trabalho em escolas caindo em nossas cabeças temos que assistir na grande mídia informações falsas que só pioram nossa situação. Obrigada mesmo

  2. Sou funcionária desse município desde 1987, tenho duas matriculas e já passamos por muitos governos, porém nenhum como Alexandre Cardoso,o novo prefeito só vai fazer conosco o que permitirmos .É inicio de governo e eu não acredito que ele queira a sua imagem desgastada . Esse prefeito atual é um “ser politico”. Salário é um direito de todo trabalhador.Nos como bons educadores não vamos nos curvar a um novo tirano. Sem salário,sem aula.Depende de nós, de nossa união.

  3. Realmente a situação dos funcionários de Duque de Caxias nem está mais crítica e sim sofrível. Sou professora aposentada e me encontro com salários atrasados desde outubro,na verdade desde maio temos nossos salários parcelados,reparcelados em sua parcela e finalmente zerado. Será que esqueceram que precisamos de comida ,medicamentos e moradia?

  4. Estamos vivendo uma situação sofrível. Sou professora aposentada e não recebo os salários corretamente desde maio. Durante todo o ano tivemos nossos salários parcelados,reparcelamento das parcelas e por fim Zerados.Será que esqueceram que precisamos de comida,medicamentos e moradia?

Deixe uma resposta para Rosilani Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.