Prefeitura de Nova Iguaçu vai entregar 16 novas praças

Espaços de lazer serão inaugurados até o fim do ano

Estão sendo contemplados moradores dos bairros estão Caonze, Caioaba, Bom Jesus, Palhada, Grão Pará, Jardim Paraíso, Palmares, Dom Bosco, Vila de Cava e Boa Esperança - Foto:Divulgação/PMNI. Mesmo no período da pandemia do novo coronavírus, as melhorias na cidade de Nova Iguaçu não param. Entre os trabalhos realizados pelas equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (SEMIF) está, por exemplo, a construção de 16 praças públicas, com previsão de entrega para este ano. Desde o início de 2017, já foram construídos ou reformados outros 48 espaços de lazer, sendo 24 somente em 2019. Entre os bairros estão Caonze, Caioaba, Bom Jesus, Palhada, Grão Pará, Jardim Paraíso, Palmares, Dom Bosco, Vila de Cava e Boa Esperança.

Nova Iguaçu: iniciada nova etapa de canalização do Rio Botas

“Essa, para mim, é a obra mais importante da cidade desde a construção da Via Light”, diz o prefeito Rogério Lisboa

O primeiro trecho a ser canalizado terá 1,2km de extensão, entre a Rua Bernardino de Melo, em Comendador Soares, até Ouro Preto - Foto: Divulgação/PMNI A canalização do Rio Botas começou a ganhar forma. A Prefeitura de Nova Iguaçu deu início à segunda etapa do projeto de recuperação do principal rio da cidade. O primeiro trecho a ser canalizado terá 1,2km de extensão, entre a Rua Bernardino de Melo, em Comendador Soares, até Ouro Preto. Para isso, cerca de 800 bases de concreto, cada uma pesando 7,5 toneladas, serão instaladas no Botas. As primeiras peças já começaram a ser colocadas às margens do rio pela equipe de obras da Secretaria Municipal de Infraestrutura.

Maternidade Mariana Bulhões, em Nova Iguaçu, ganha mais uma enfermaria reformada: unidade não recebia grandes melhorias desde 2013

“Estamos fazendo as obras para melhorar a qualidade da infraestrutura sem deixar de oferecer assistência às pacientes que chegam de toda à Baixada Fluminense", diz o secretário de Saúde Manoel Barreto A Prefeitura de Nova Iguaçu avança com obras nas principais unidades de saúde do município. Esta semana Maternidade Mariana Bulhões, referência no atendimento de média e alta complexidade às gestantes de toda a Baixada Fluminense, entregou mais uma enfermaria totalmente reformada. A unidade não recebia grandes melhorias em sua infraestrutura desde que reabriu, em dezembro de 2013.

A enfermaria entregue, a maior da ala mais antiga da maternidade, foi praticamente refeita e agora conta com um novo posto de enfermagem, um fraldário e um banheiro, que antes não tinha no local. Com capacidade para sete leitos, o espaço passou por manutenção na parte hidráulica e elétrica, correção de infiltrações, pinturas, troca de portas, colocação de uma nova laje, melhoria no sistema de iluminação e refrigeração. Mesmo durante a pandemia do novo coronavírus, o serviço foi feito número reduzido de funcionários, para evitar aglomerações.

Meriti: com aulas on-line Secretaria de Cultura dá continuidade a cursos

Estudantes de teatro, bateria, instrumentos de corda, de sopro, modelo e manequim, entre outras atividades seguem aprendendo

Enquanto a pandemia não termina, alunos de diversos cursos da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer, Direitos Humanos e Igualdade Racial seguem realizando atividades on-line e mantendo contato com o corpo docente. Por meio da internet, professores e alunos dos cursos de teatro, bateria, instrumentos de corda, de sopro, modelo e manequim, entre outras atividades, seguem aprendendo e evoluindo.A secretária da pasta, Ana Paula Rosa, contou que este momento pode ser aproveitado para os alunos mergulharem nos estudos e aprimorarem suas habilidades, “Muitos estão em casa e é possível aproveitar este horário para ler, tirar dúvidas, treinar e interagir, melhorando a capacidade individual de cada um, para que no futuro o trabalho em conjunto seja espetacular”, disse.As aulas estão sendo ministradas pelo YouTube, através do canal “Cultura São João de Meriti”, além do perfil do Centro Cultural no Facebook (@culturamaiss). Lá os alunos encontram as atividades e conseguem dar sequência aos estudos e interagir com os professores e colegas.A professora Thuainy Campos, que leciona há cerca de quatro anos no teatro do Centro Cultural Meritiense, disse em entrevista que o desafio tem sido grande porque no palco a interação física e psicológica é muito maior. "Percebemos a necessidade de nos reinventar, passamos a analisar outras peças on-line, discutir sobre as atuações dos atores, treinar a parte vocal e fazer muita troca de experiência", explica Thuainy.Felipe Gomes (21) estuda teatro no Centro Cultural há dois anos, o aluno contou que gosta da maneira como as aulas on-line tem sido feitas. “Embora a gente sinta a distância física, o emocional sempre se faz presente. Gosto da maneira como a professora passa a matéria, ficar sem as aulas teria sido terrível. Eu amo aquele espaço desde 2018", afirmou.Outra aluna do curso, Cíntia Ester (19), relatou que ficou muito empolgada ao saber que as aulas seguiram on-line. "Claro que isso não substitui a aula prática, mas a proposta é muito interessante neste momento", disse.Ainda não há previsão de retorno das atividades presenciais no Centro Cultural Meritiense, seguindo momentaneamente pela internet.  

Com 11 novas creches Magé abriu mais 1.600 vagas

Oito escolas também receberam novas turmas

A unidade Nilcea Pinheiro Machado atende as crianças do bairro Barbuda – Foto: Gerson Peres A importância das creches para o desenvolvimento da criança durante os primeiros anos de vida é fundamental, segundo especialistas. É consenso que uma Educação Infantil de qualidade, em um ambiente aconchegante, seguro e estimulante, promove aprendizagem e socialização infantil, partes importantes deste desenvolvimento. É com esse pensamento, que a Prefeitura de Magé investiu na educação durante a primeira infância e inaugurou 11 novas creches municipais desde 2016.

Prefeitura de Nova Iguaçu lança o Disque Queimada

População poderá denunciar incêndios

A Prefeitura de Nova Iguaçu tem uma nova ferramenta no combate aos incêndios florestais na cidade. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura, Desenvolvimento Econômico e Turismo, em parceria com a Secretaria Municipal de Defesa Civil, lançou, nesta quarta-feira (22), o Disque Queimada. Quem flagrar incêndios ou até mesmo possíveis causadores de queimadas podem fazer a denúncia pelo telefone 0800 022 3660. A ligação é gratuita e o denunciante não precisa se identificar.

Ginásio da Vila Olímpica de Nova Iguaçu será todo revitalizado

O espaço esportivo foi inaugurado em 1997

Revitalizada e entregue à população em agosto de 2018, a Vila Olímpica de Nova Iguaçu passa por mais uma fase de obras, agora com um novo ginásio. Operários estão trabalhando na obra para a retirada de todos os tacos da quadra, concretagem do chão e colocação de um piso polido. A cobertura do ginásio também será trocada. Na reforma anterior, a vila ganhou nova pista de atletismo, quadra poliesportiva, campo de futebol e arquibancada, uma quadra de areia, rampas de acessibilidade para pessoas com deficiência, novos vestiários masculinos e femininos, além de uma academia da terceira idade.

Nova Iguaçu: paralisadas por conta da pandemia, obras nas enfermarias do Hospital da Posse são retomadas

A Prefeitura de Nova Iguaçu retomou as obras no Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) ontem (16). Duas enfermarias da ala adulta foram esvaziadas e começaram a ser reformadas com a unidade funcionando normalmente. Não houve qualquer prejuízo à assistência dos pacientes. O serviço precisou ser paralisado em março deste ano devido à pandemia do novo coronavírus, seguindo as medidas de prevenção propostas em decreto municipal para evitar aglomerações, além do funcionamento das atividades essenciais.

“Retomamos as obras no Hospital da Posse com todos os setores funcionando normalmente, sem deixar de oferecer assistência, ainda mais nesse momento de pandemia em que precisamos nos reestruturar para atender a população. As equipes estão tomando o cuidado necessário para reformar a estrutura de uma unidade que recebe pacientes de toda à Baixada Fluminense”, destaca o prefeito Rogerio Lisboa.

Ministério Público obtém decisão que obriga o Município de Conceição de Macabu a oferecer transporte público coletivo à população

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Macaé, obteve junto à 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, decisão favorável, obrigando o Município de Conceição de Macabu a oferecer à população o serviço de transporte público coletivo. A decisão atendeu a um agravo de instrumento interposto para reverter decisão proferida pelo Juízo Único da Comarca de Conceição de Macabu, que indeferiu pedido liminar na ação civil pública ajuizada pela 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Macaé. A prefeitura de Conceição de Macabu tem agora o prazo de 120 dias para, observando o devido procedimento licitatório no caso de prestação indireta, oferecer o serviço aos cidadãos macabuenses, sob pena de multa diária no valor de R$ 1 mil.

 Na ACP, que teve origem no inquérito civil 149/2018, instaurado para apurar a violação ao artigo 30, da Constituição da República e que identificou a inexistência de transporte público coletivo no território municipal, foi ressaltado que, em caso semelhante, o Município de Casimiro de Abreu foi obrigado pelo Judiciário a prestar o serviço de transporte público à população, já que é considerado direito fundamental do cidadão. De acordo com o artigo 30, da Constituição, é dever dos municípios organizar e prestar à população serviço público de transporte coletivo, considerado essencial.

Hospital de Meriti recebe mais equipamentos para reforçar tratamento contra a covid-19: oito respiradores foram doados pela Prefeitura do Rio

Oito respiradores vão reforçar a estutura do Hospital Municipal Abdon Gonçalves (antigo PAM Meriti), inaugurado no dia 20 de maio exclusivamente para o tratamento de pacientes com o covid-19 pela Prefeitura de São João de Meriti. Os aparelhos vão ser instalados no segundo andar do prédio. Os respiradores foram doados ao município pela Prefeitura do Rio e entregues neste domingo (12).

"Fui agora,  junto com o vereador Dejá, fui receber oito respiradores e monitores doados pelo prefeito do Rio, Marcelo Crivella. Fomos o único município da Baixada a participar. Os equipamentos  irão para o segundo andar do nosso hospital municipal, antigo PAM, reaberto em maio. Muito obrigado, Crivella! Toda ajuda é muito bem-vinda. A população do nosso município também agradece", escreveu em suas redes sociais o prefeito João Ferreira Neto.