Com estoque crítico, Hospital Geral de Nova Iguaçu convoca população para doar sangue

O Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) está com o estoque crítico e precisa de doações de sangue. A unidade, que tem capacidade para atender até 40 doações de sangue por dia, vem recebendo menos de 15 doadores. A queda ocorre com maior frequência neste período de pandemia. São necessárias 600 bolsas por mês para manter o estoque abastecido, porém, a unidade tem registrado uma média de cerca de 350 doações. Os interessados em doar podem comparecer no banco de sangue de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h30.

Por ser uma das únicas emergências de portas abertas na Baixada Fluminense, referência em trauma e casos de alta complexidade, com pacientes que muitas das vezes necessitam de transfusão, o HGNI precisa garantir as reservas sanguíneas para manter a assistência. O hemonúcleo vem seguindo um rígido protocolo sanitário neste período de pandemia, como o uso de máscara, álcool gel, higienização das mãos ao entrar e deixar a unidade e o distanciamento social, medidas adotadas para dar segurança ao doador e aos funcionários.

Protetores pedem ajuda à população no combate aos incêndios florestais em Nova Iguaçu

Município com mais de 500 quilômetros quadrados, sendo 65% de seu território composto por áreas de proteção ambiental cobertas pela Mata Atlântica, Nova Iguaçu enfrenta constantes incêndios florestais. As queimadas costumam acontecer ao longo de todo o ano, mas são mais frequentes no inverno. Apesar dos esforços da Prefeitura de Nova Iguaçu, controlar o fogo não é uma tarefa fácil. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente vem investindo no treinamento da Guarda Ambiental Municipal (GAM) para o combate às chamas e também no monitoramento das áreas de maior risco. Um drone também é utilizado para auxiliar na vigilância.

É deste trabalho em equipe que surgem os protetores das florestas iguaçuanas. Eles, que por muitas vezes não têm suas lutas quase diárias reconhecidas por parte da população, fazem um apelo para que os moradores da cidade ajudem no combate aos incêndios florestais. Um destes heróis sem capa é Alessandro Garcia, responsável pela fiscalização de trilhas e combate aos incêndios no Parque Natural Municipal de Nova Iguaçu.

Amanhã é dia de ‘Prefeitura no seu Bairro’ em Meriti

Dia também marcará início do PROEIS, com reforço policial na cidade

Amanhã (17), a Prefeitura de São João de Meriti, em parceria com o governo estadual, dará início ao programa Prefeitura no seu Bairro. O evento, que vai durar três dias, é uma grande ação social que levará diversos serviços da administração pública aos bairros e às comunidades do município.

Japeri lança nesta sexta-feira o programa Assistência Presente

Projeto é voltado a pessoas em vulnerabilidade social

O Assistência Presente vai funcionar três dias por semana na Praça Wendel Coelho - Foto: Felipe Bragança Em parceria com programa Segurança Presente, a Prefeitura de Japeri vai lançar amanhã (16) um projeto voltado para as pessoas em situação de vulnerabilidade social. A primeira edição do Assistência Presente vai acontecer a partir das 9h na Praça Wendel Coelho, na localidade de Engenheiro Pedreira, com aplicação de vacina contra a covid-19 na população de rua, distribuição de kits de higiene pessoal e arrecadação de agasalhos. 

Japeri vai ganhar uma maternidade pública

Implantação será feita com ajuda do governo estadual

O secretário Max Lemos recebeu os projetos da prefeita Fernanda Ontiveros e confirmou a parceria do governo estadual - Foto: Divulgação O município de Japeri, na Baixada Fluminense, vai ganhar uma maternidade pública. O anúncio foi feito ontem (9), pela prefeita Fernanda Ontiveros, depois de uma reunião com o secretário estadual de Infraestrutura e Obras, Max Lemos. No encontro foi decidido ainda a pavimentação da e a pavimentação da Estrada São José, via que liga a localidade de Engenheiro Pedreira a Japeri. Max Lemos prometeu a cooperação técnica e recursos para as duas obras.

Meriti é premiado por projeto de prevenção ao câncer de mama, voltado para melhoria das condições de pessoas em situação de vulnerabilidade social

O município de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, foi reconhecido pelo Ministério da Saúde, na 1ª Edição do Prêmio Prevenção e Controle do Câncer, no qual esteve representado através do trabalho da médica mastologista Sandra Gioia, com o Programa da Navegação de Pacientes com Câncer de Mama, que surgiu com o objetivo de melhorar as condições de pessoas em situação de vulnerabilidade social e com baixo acesso aos atendimentos oncológicos.

O trabalho é realizado pelas equipes de saúde na prevenção e controle da incidência do câncer, entre os usuários do SUS. A iniciativa foi  selecionada por um comitê formado por representantes do Ministério e convidados que avaliaram itens como as melhorias no acesso aos serviços prestados à população, alinhamento com as políticas de atenção à saúde, capacidade de respostas a crises, criatividade e inovação.

Maternidade Mariana Bulhões tem mais uma enfermaria reformada

Prefeitura de Nova Iguaçu segue revitalizando equipamentos de saúde

A Secretaria Municipal de Saúde de Nova Iguaçu (SEMUS) entregou mais uma enfermaria reformada na Maternidade Municipal Mariana Bulhões. O espaço com cinco leitos foi totalmente revitalizado com a troca completa do piso, das tubulações de gases e oxigênio, pintura de paredes e novas camas para as pacientes, berços para os recém-nascidos e poltronas para os acompanhantes. A exemplo das demais enfermarias reformadas, ela também recebeu novo sistema de ar-condicionado e banheiro com acessibilidade para pessoas com deficiência.

Com nova estação de tratamento entrando em funcionamento moradores de Japeri e Seropédica terão mais água nas torneiras

A conclusão das obras da estação de tratamento de água que está sendo construída no bairro Nova Belem, em Japeri, os moradores de Seropédica também serão beneficiados. A ETA deverá em testes em setembro, informação passada a prefeita Fernanda Ontiveros por técnicos da Secretário Estadual de Obras e da Cedae, que estiveram na localidade na última segunda-feira (28), acompanhados pela prefeita.

Orçada R$ 21 milhões de reais, a obra tem o objetivo de amenizar o impacto da falta d’água aos moradores dos dois municípios. A unidade vai operar com capacidade para tratar 150 litros de água por segundo. "Essa é uma obra que se arrasta há anos e a população sofre com a falta d’água. Assim que assumi falei com o governador da necessidade da conclusão da ETA para o benefício da população e, hoje, felizmente, vemos tudo avançando. Não posso me omitir em agradecer ao Cláudio Castro, ao presidente da Alerj, André Ceciliano e ao secretário de Obras, Max Lemos, por todo apoio", afirmou a prefeita.

Em plena pandemia e com a rede de saúde deixando a desejar prefeito de Casimiro de Abreu autoriza exposição de cavalos

Ramon recebeu o presidente da Associação Brasileira de Cavalos Campolina, Plínio Siqueira, e autorizou a realização do evento - Foto: Divulgação/PMCA "Receber o segundo evento mais importante da raça é uma honra para Casimiro de Abreu. Pretendo incluir no calendário oficial de eventos este segmento, pois certamente vamos atrair centenas de pessoas de vários lugares do país. É uma forma de alavancar o turismo e proporcionar um aquecimento na economia local".

Foi com este discurso que o prefeito Ramon Gidalte recebeu nesta terça-feira (29), em seu gabinete, o presidente da Associação Brasileira de Cavalos Campolina, Plínio Siqueira, ao qual confirmou a liberação do parque de eventos da Prefeitura para sediar a 10ª Exposição Brasileira de Cavalos Campolina, que acontecerá nos dias 20 a 24 de julho.

Saúde de São João de Meriti vai adotar programa precoce e tratamento rápido do câncer de mama

Será implementado pela primeira vez no estado do Rio de Janeiro, no município de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, o programa de navegação de pacientes para portadores de Neoplasia Maligna (câncer) de Mama. O programa tem o intuito de ajudar no diagnóstico e no tratamento precoce de pacientes oncológicos e de fomentar o incentivo a promoção da saúde. O projeto-piloto foi desenvolvido em parceria com o Global Cancer Institute (GCI) e o Instituto Avon, com apoio do Instituto Nacional de Câncer (INCA), do Hospital Federal do Andaraí, do Instituto Gnosis e da Fundação Laço Rosa, com o objetivo de facilitar e auxiliar no diagnóstico e no tratamento do câncer de mama.

A navegação de pacientes oferece uma assistência individualizada aos pacientes em que o programa identifica e elimina as barreiras aos cuidados em saúde. Esse gestor do cuidado é o elo de conexão das equipes de saúde com os pacientes, familiares e seus cuidadores para garantir o acesso ao diagnóstico e ao tratamento em tempo adequado e com isso, salvar vidas.