De emenda em emenda prefeito de Seropédica vai fazendo caixa

Recursos estão garantidos no orçamento da união e em parceria com o estado

Otoni de Paula recepcionou Lucas com uma boa notícia: R$ 4 milhões Logo nos primeiros dias como prefeito de Seropédica, na Baixada Fluminense, Lucas Dutra dos Santos, o Professor Lucas (PSC), ouviu do presidente da Assembleia Legislativa, André Ceciliano, o compromisso de que cerca de R$ 5 milhões seriam liberados ao município para compra de medicamentos e insumos. Desde ontem (23) transitando pelos gabinetes de Brasilia, ele anuncia que a cidade vai receber mais R$ 7,5 milhões em emendas parlamentares, essas de autoria dos deputados Marcio Labre (PSL) e Otoni de Paula Júnior (PSC).

Preferido do centrão para substituir o ministro Pazuello estaria querendo mesmo é o controle da Secretaria de Saúde de Nova Iguaçu

Elizeu Pires

Luiz Antonio Teixeira Jr é o nome do Centrão para o Ministério da Saúde Apesar de os deputados do centrão, principalmente a bancada do PP, estarem querendo empurrá-lo goela abaixo do presidente Jair Bolsonaro como ministro da Saúde, no lugar do general Eduardo Pazuello, o deputado Luiz Antonio Teixeira Junior (PP-RJ), estaria mesmo é de olho na Secretaria de Saúde de Nova Iguaçu, não para ocupar o cargo de secretário – função que exerceu na gestão do prefeito Nelson Bornier –, mas para por na pasta um dos seus chegados, como fez no município de Magé.

Prefeitura de Magé ainda não publicou exoneração de parentes do prefeito que, segundo o MP, se encontram em situação de nepotismo

Elizeu Pires

Na hora de escolher sua equipe Renato repetiu feitos de parentes que já governaram a cidade Descontando finais de semana, feriado e ponto facultativo do carnaval, terminará na próxima quinta-feira (25), o prazo de dez dias dado pelo Ministério Público ao prefeito Renato Cozzolino Harb para exonerar os parentes que se encaixam em situação de nepotismo por ele nomeados em cargos do primeiro escalão do governo, mas até hoje (22) a Prefeitura não se manifestou publicamente sobre acatará ou não a recomendação do MP, não disponibilizando ainda em seu site nenhum ato oficial nesse sentido. Caso o posicionamento da Promotoria seja ignorado, uma ação civil pública deverá ser ajuizada para que Renato seja obrigado pela Justiça a exonerá-los.

Câmara mantém a prisão do deputado Daniel Silveira, que na tentativa de se livrar da cana pediu desculpas pelos ataques

Elizeu Pires

"É preciso traçar uma linha entre a crítica contundente e a crítica democrática". A frase está no voto da relatora do processo que discutiu na noite desta sexta-feira (19), a manutenção ou não da prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), decretada pelo Supremo Tribunal Federal. O relatório da Magda Mofatto (PL-GO), foi acatado por 363 parlamentares, que votaram pela permanência de Silveira na prisão, com um resultado de 364 votos contra Daniel, 130 a favor e três abstenções.

Magé pode ter um monte de candidatos a deputado em 2022 e não eleger nenhum por causa da divisão dos políticos locais e da opção por nomes de fora, alertam os números das eleições de 2018

Elizeu Pires

Dr. Luizinho teve quase cinco mil votos em Magé. O que se pergunta é: O que a cidade ganhou em troca dessa votação? Se ainda estiver no mandato em 2022 - sua situação jurídica ainda não foi definida - o prefeito Renato Cozzolino Harb (PP), poderá ser um grande cabo eleitoral, mas resta saber de quem. Comprometido com o deputado Luiz Antonio Teixeira Junior, o Dr. Luizinho, que controla através de um apadrinhado a Secretaria Municipal de Saúde, deve ser esse o seu preferido para deputado federal - caso o parlamentar não opte por concorrer a uma cadeira no Senado -, quando o mais indicado seria a escolha de um nome local. Porém, como os locais não se beijam quando o assunto é um mandato eletivo, poderá acontecer como ocorreu em 2018: a maioria dos votos foi para nomes de fora, elegendo políticos que, computada a votação, não aparecem nem para agradecer e não mandam uma emendazinha sequer para ajudar o município.

Nome forte na Baixada, Didê quer ser a voz da região em Brasília

Presidente da Câmara de Meriti prepara-se para concorrer a deputado em 2022

Cumprindo o terceiro mandato, reconduzido à presidência da Câmara este ano, Davi Perini Vermelho, mais conhecido na Baixada Fluminense como Didê, pretende alçar voo mais alto no próximo ano. Ele disse hoje ao elizeupires.com que pretende disputar uma cadeira de deputado federal em 2022. Vereador mais votado em São João de Meriti no pleito do ano passado (5.050 votos), Didê já conta com a benção do prefeito João Ferreira Neto, Dr.João, e o apoio do declarado do vice-prefeito Valdecy da Saúde.

Prefeito de Caxias vai responder criminalmente por omitir doação de pessoa jurídica para sua campanha eleitoral

Elizeu Pires

Uma ação judicial que poderia ser suspensa condicionalmente vai prosseguir porque o réu e em questão já tem antecedentes criminais. O acusado é um velho conhecido da Justiça e do Ministério Público, o prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis (foto). Washington – que tem uma condenação a sete anos de prisão por crime ambiental, foi denunciado dessa vez por crime eleitoral.