Morosidade da Justiça contribui para Búzios ter duas eleições em menos de seis meses para escolha de prefeito e vice

● Elizeu Pires

Alexandre Martins foi cassado por abuso de poder econômico - Foto: Reprodução Os eleitores de Búzios, município da Região dos Lados, no estado do Rio de Janeiro, irão às urnas duas vezes para eleger prefeito e vice. Isto porque o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), demorou quase dois anos para decidir em processo de compra de votos que teve sentença da primeira instância confirmada em 2022 pelo Tribunal Superior Eleitoral (TRE—RJ), o que resultou na cassação da chapa eleita em 2020.

Lucimar falta a encontro com o Governo Federal que tratou dos estragos das últimas chuvas

Dos sete prefeitos chamados pelo governo federal para uma reunião de emergência nesta sexta-feira (23), na Câmara de Vereadores de Japeri, para tratar das chuvas que atingiram fortemente suas cidades na última quarta-feira (21), apenas a representante de Paracambi, Lucimar Ferreira (PL), não compareceu, preferindo enviar no seu lugar o vice, João Ailton Gomes Gonçalves.

Devido à importância do assunto, todos os alcaides foram pessoalmente: Fernanda Ontiveros, de Japeri; Rogério Lisboa, de Nova Iguaçu; Glauco Kaizer, de Queimados; Jorge Henrique, de Mendes; Maneko Artmenko (Paulo de Frontin) e Mário Esteves (Barra do Piraí).

Disputa eleitoral em Nova Iguaçu: Ex-presidente que deixou a Câmara de Vereadores a ponto de ficar desabrigada quer ser prefeito

● Elizeu Pires

Na gestão de Ravis como presidente da Câmara a Casa teve dois mandados de despejo emitidos pela Justiça - Foto: Reprodução/CMNI Eleito deputado estadual pelo Solidariedade em 2022, o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Nova Iguaçu, Felipe Rangel Garcia, o Filipinho Ravis –  que havia sossegado o facho em relação às eleições municipais –, andou percorrendo os bairros da cidade para levar apoio moral às vítimas das chuvas, dando plenos sinais de que já estaria em campanha para prefeito. Em suas andanças conversou com desalojados e deu tapinhas em muitos ombros, mostrando-se até compadecido, um gesto talvez provocado pelas lembranças de feitos vergonhosos de sua passagem pela presidência do Poder Legislativo, desastre que quase deixou a Casa de Leis desabrigada.

Disputa eleitoral em Queimados: Aperto de mão entre Max Lemos e Dr. Luizinho pode ter sido o tiro de misericórdia em Glauco Kaizer

● Elizeu Pires

A aliança ungida por Luizinho coloca Tuninho (PP) no mesmo barco de Max (PDT) - Foto: Divulgação Um encontro entre os deputados Max Lemos e Luiz Antonio Teixeira Junior, o Dr. Luizinho, pode ter selado o destino político do prefeito de Queimados, Glauco Kaizer (Solidariedade), que já vinha perdendo noites de sono deste que Lemos começou a transparecer a intenção de disputar o governo municipal no pleito deste ano.

“Filho de peixe” quer mergulhar sem medo nas águas de Japeri

Filho do ex-prefeito Bruno Silva, o médico Marlon Bruno (foto) resolveu entrar para a vida pública no município onde nasceu. A convite de várias lideranças e resolveu anunciar sua pré-candidatura a vereador.

Doutor Marlon, como é mais conhecido, tomou a decisão depois de um encontro, na semana passada, com a prefeita Fernanda Ontiveros, que vai disputar a reeleição pelo PT.