Lula e governadores assinam a Carta de Brasília, reforçando o compromisso com o estado democrático de direito

Lula posa com o documento ao lado da governadora Fátima Bezerra, do Rio Grande do Norte – Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação/Palácio do Planalto Durante o encontro nesta sexta-feira (27) no Palácio do Planalto, o presidente Lula e os governadores assinaram a Carta de Brasília, um documento onde reforçam o compromisso com o estado democrático de direito e com a estabilidade institucional e social do país. Após os ataques golpistas do dia 8 de janeiro, governadores vieram a Brasília em solidariedade aos chefes dos Três Poderes .

“A democracia é um valor inegociável. Somente por meio do diálogo que ela favorece poderemos priorizar um crescimento econômico com redução das nossas desigualdades e das mazelas sociais que hoje impõem sofrimento e desesperança para uma parcela significativa da população brasileira”, diz carta.

Esforço do governador para manter Washington Reis no cargo levanta suspeitas entre os aliados mais atentos

● Elizeu Pires

Alguns aliados entendem que Reis deveria poupar o governador do desgaste O que o ex-prefeito de Duque de Caxias tem de tão importante para merecer todo esse esforço que está sendo feito para mantê-lo no governo? É isso que alguns aliados que não conseguem entender a insistência do governador fluminense, Claudio Castro, em manter Washington Reis no comando da Secretaria de Transportes, embora se comente, desde a semana passada, que a portaria que exonera o político – com direito a um "a pedido" – já estaria pronta. Também se pergunta se Reis teria algum "trunfo" escondido na manga, pois vem ganhando todas a jogadas até agora, como se estivesse no controle da mesa.

Lula acerta criação de plano comum de obras com governadores

Será criada ainda uma comissão para discutir ICMS com o STF

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu com os governadores dos 26 estados e do Distrito Federal - Foto: José Cruz/Agência Brasil O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e os governadores dos 26 estados e Distrito Federal decidiram pela criação de um conselho de diálogo federativo, batizado de Conselho da Federação, e de um plano de investimento de obras comuns do governo federal, estados e municípios. As informações são do ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha´, após reunião ontem (27), no Palácio do Planalto.

“Tem de respeitar o resultado da urna”, disse novo comandante do Exército em recado direto à tropa

● Elizeu Pires

O general Tomás é paulista e tem 62 anos de idade Até ontem (20) comandante militar do Sudeste, o general Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva (foto) foi escolhido hoje (21) como comandante do Exército. Ele substitui o general Júlio Cesar de Arruda, que teria se negado a demitir o tenente-coronel Mauro Cid de um posto de comando em Goiânia. O presidente Lula mandou que Cid fosse exonerado depois de o colunista Rodrigo Rangel do portal de notícias Metrópoles ter revelado que Cid – que foi ajudante de ordem de Jair Bolsonaro – teria operado uma espécie de caixa-2, usando recursos sacados com o cartão corporativo para pagar contas pessoas da primeira-dama Michele Bolsonaro.

Portaria de exoneração de Washington Reis já estaria sendo preparada com direito a um “a pedido”

● Elizeu Pires

Gente que circula livremente pelo Palácio Guanabara deixou escapar agora há pouco que a exoneração do ex-prefeito de Duque de Caxias do cargo de secretário de Transportes já estaria sendo preparada. Se confirmada a demissão, será o governo se antecipando à Justiça, que deu prazo de cinco dias para que esse se manifeste sobre a nomeação de Washington Reis, mesmo o político estando em situação de inelegibilidade.