Mulher do áudio que escandaliza Queimados seria a titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico

A mulher que conversa com o coordenador de articulação na Secretaria de Governo Tubalcaim Machado Café e pergunta se ele já tinha "transferido o dinheiro", seria Angela Machado de Lima Oliveira, nomeada pelo prefeito Carlos Vilela para o comando da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico. Ela está no cargo desde a exoneração do marido, o primeiro suplente de vereador pelo PSDB, Luis Claudio Sereno de Oliveira, o Taruga (foto), que chegou a exercer mandato por um tempo, mas teve de deixar a secretaria para poder disputar o pleito deste ano.

Taruga é pré-candidato a vereador numa nominada formada em apoio ao pré-candidato à sucessão de Vilela, Lenine Lemos, irmão do deputado estadual Max Lemos. No áudio disponibilizado na matéria Escândalo em Queimados: suposto esquema de "rachadinha" envolve vereador e coordenador da Secretaria de Governo, Taruga diz que o cargo no qual Tubalcaim está nomeado é dele e teria sido dado por Max.

Escândalo em Queimados: suposto esquema de “rachadinha” envolve vereador e coordenador da Secretaria de Governo

Um áudio vazado na noite de ontem (2) está sacudindo o meio político em Queimados, na Baixada Fluminense, com estilhaços sobrando para o deputado estadual Max Lemos. Uma conversa telefônica entre Tubalcaim Machado Café –  nomeado em novembro de 2018 pelo prefeito Carlos Vilela para o cargo de coordenador de articulação da Secretaria de Governo – e o vereador Luis Claudio Sereno de Oliveira, o Taruga (PSDB), sugere a existência de um esquema de "rachadinha", divisão do salário do nomeado com o "padrinho" que lhe garantiu a vaga na Prefeitura. Na conversa Taruga diz a Tubalcaim que o cargo que este ocupa é dele, pois lhe fora dado pelo deputado Max Lemos.

Inicialmente (confira o áudio aqui), uma mulher identificada como Angela – que também seria nomeada na Prefeitura – cobra de Tubalcaim a transferência de parte do dinheiro que seria correspondente ao salário do mês de abril. "Saiu dia 30", lembra ela, ouvindo como resposta que o cargo não é mais da cota de Taruga, mas da de uma pessoa identificada como Pedro Jornalista, que seria pré-candidato a vereador. "O meu cargo não é mais do Taruga", responde Tubalcaim, informando que não tem mais vínculo com o suplente e que agora estava na campanha de Pedro.

Titinho ganha apoio de “peso” em Meriti

Candidato a deputado que teve apenas 595 votos na cidade se declara nas redes sociais

Drigão teve menos de 600 votos em São João de Meriti nas eleições de 2018 - Foto: Reprodução/Rede social Lançado pelo ex-prefeito Sandro Matos – que saiu da Prefeitura em dezembro de 2016, deixando os servidores ativos e aposentados com meses de salários em atraso –, o vereador Antonio Carlos Cardoso Correa, o Titinho, não está só na caminhada na tentativa de chegar ao governo.

Prefeito de Itaperuna vai responder por rombo na previdência dos servidores: Promotoria cobra devolução de R$ 90 milhões

Réu em vária ações – inclusive em processos criminais – o prefeito de Itaperuna, Marcus Vinicius de Oliveira Pinto (foto), é alvo de mais uma ação por improbidade administrativa ajuizada contra ele pelo Ministério Público. Desta vez a 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva (núcleo local), está pedido o afastamento dele do cargo, indisponibilidade de bens e o ressarcimento dos cofres públicos do total de R$ 90.498.984,11, além do pagamento de uma multa de mais R$ 180 milhões e suspensão dos direitos políticos pelo período de cinco a oito anos.

De acordo com MP, durante o ano de 2018 a administração municipal reteve R$ 23,9 milhões da previdência própria, total correspondente a valores descontados dos servidores e a contribuição patronal. A Promotoria apontou ainda um déficit orçamentário de R$ 66,5 milhões e inscrição ilegal de despesa em restos a pagar.

Carapebus tem dois prefeitos, “um de fato e outro de direito”, diz CPI

Apesar de comissão processante, lideranças locais dizem que marido da prefeita continuaria dando as ordens no governo

Eduardo foi barrado nas eleições de 2016 e lançou Christiane Apontado numa comissão de investigação da Câmara de Vereadores como "prefeito de fato" do município Carapebus, no interior do estado do Rio de Janeiro, com condenação por improbidade administrativa transitada em julgado, Eduardo Cordeiro não deveria dar nenhum pitaco nas ações do governo, mas, de acordo com algumas lideranças locais, ele estaria "mandando e muito" na gestão de sua mulher, a prefeita Christiane Cordeiro. Na semana passada a Justiça Federal determinou que ele fosse afastado de qualquer função na Prefeitura, mas pelo menos até a noite de ontem (24) não era possível encontrar no site oficial do município nenhum ato sobre tal afastamento.  Porém, com ou sem portaria, diploma de prefeito ou não, seria ele o mandatário, determinando, inclusive, pagamentos.

Secretária de Valença tem condenação por improbidade pela privatização da gestão do Programa Saúde da Família em Rio das Flores

Soraia também foi denunciada pelo MP por ter usado a estrutura da Procuradoria de Rio das Flores para tentar derrubar uma decisão judicial que permitiu que Vicente Guedes disputasse as eleições de 2016 Respondendo pela Secretaria Municipal de Saúde de Valença, a médica e ex-prefeita de Rio das Flores, Flores Soraia Furtado da Graça (foto), irmã do prefeito Luiz Fernando Graça, foi condenada em primeira instância a perda de função pública e dos direitos políticos por três anos. A decisão consta do processo 0000598-77.2015.8.19.0048, uma ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público a partir de inquérito que apontou como ilegal a terceirização da gestão do Programa Saúde Família em Rio das Flores, no período em que ela comandava o setor de Saúde daquele município, no governo do então prefeito Luiz Carlos Furlan.

A sentença foi proferida pelo juízo da Vara Única da cidade no dia 27 de janeiro deste ano, mas Soraia só estará inelegível se a condenação for confirmada em segunda instância, no caso o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A decisão também anula os contratos firmados entre a Prefeitura de Rio das Flores e a Associação de Assistência Social de Rio das Flores, escolhida, sem licitação, para operacionalização do PSF.

Central de destruição de reputações é investigada em Rio das Ostras

Milícia virtual teria envolvimento de pessoas nomeadas na Prefeitura

O próprio Eneas, afirma ele, foi vítima da página fake "Você não pode criticar a Prefeitura porque logo eles vêm para tentar te desqualificar".  A afirmação é do advogado Eneas Ragel, ex-procurador geral do município de Rio das Ostras, em entrevista a uma rádio local, na qual ele revelou, conforme denúncia já feita à Polícia Civil, que "montaram uma organização criminosa ao lado do prefeito da cidade, para denegrir quem critica o governo municipal".

Tomografia confirma covid-19 da forma mais leve no presidente da Alerj: vírus teria atingido cerca de 8% dos pulmões

Testado positivo para covid-19, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, Andre Ceciliano (foto), vai se isolar, mas pretende continuar trabalhando via aplicativo, caso não possa voltar em duas semanas. Ele havia passado por três testes rápidos que apresentaram resultados negativos e ontem (17) esteve no Hospital Municipal de Belford Roxo para ser submetido a um exame de tomografia, que confirmou a presença do novo coronavírus.

A informação passada pela unidade ao elizeupires.com é de que o organismo do parlamentar está reagindo bem que cerca de 8% dos pulmões teriam sido atingidos, o que aponta para uma forma mais leve da covid-19. De acordo com o parlamentar, ele começou a se sentir mal de quarta para quinta da semana passada, com dores no corpo, estado febril e dor de garganta. Segundo ele sábado, foi o pior dia.

Sucessão poderá ser em família em Nilópolis: pré-candidatura indicada pelo governo reúne cinco partidos

Abraãozinho está no quarto mandato de vereador e tem a benção de Farid para concorrer a prefeito O prefeito Farid Abrão não vai mesmo concorrer à reeleição, mas já tem um escolhido para disputar sua sucessão. É o vereador Abraão David Neto, Abraãozinho David, seu sobrinho, que está cumprindo o quarto mandato na Câmara Municipal. Filiado ao PSD,  Abraãozinho tem outros quatro partidos em torno de sua pré-candidatura, todos com as nominatas para vereador já praticamente definidas. Fazem parte da aliança o PL, PTB, PP e Avante.

Varias vezes deputado estadual, Farid conquistou o primeiro mandato de prefeito em 2000, foi reeleito em 2004, governando até 31 de dezembro de 2008. Em 2016 foi reconduzido à Prefeitura com 60.10% dos votos válidos. Aos 76 anos de idade Farid prentende encerrar a carreira política no dia 31 de dezembro, quando estará concluindo o terceiro mandato de prefeito.

Saquarema: político se aproveita do coronavírus para distribuir máscaras com slogan de campanha e Justiça manda apreender

O juízo da 62ª Zona Eleitoral determinou nesta quarta-feira (15) a apreensão dos brindes que o pré-candidato à Prefeitura de Saquarema pelo PSD, Marcio Mota (foto) vinha distribuindo, contrariando a legislação. A Justiça acatou representação sustentada pelo advogado Marcelo Andrade Silva contra o político, que lidera o movimento Meu Partido é Saquarema, e desde o último dia 9 vinha distribuindo máscaras de proteção com a inscrição do movimento, segundo aponta a inicial que gerou o processo 0600009-83.2020.6.19.0062, por "captação Ilícita de sufrágio", proposta pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC).

De acordo com a representação, Marcio vinha usando as redes redes sociais para propagar a sua pré-candidatura a prefeito, "difundindo amplamente como slogan de sua pré-campanha a frase Meu Partido É Saquarema”, configurando campanha eleitoral antecipada, e, mais que isso divulgando a distribuição de brindes, o que é proibido por lei.  Os brindes em questão, aponta a ação, são 2.750 máscaras com o slogan do político.