Vitória de Lindberg no TSE pode provocar mais de uma alteração na nova composição da Câmara de Vereadores do Rio

Defendido no processo pelo ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardoso, o ex-prefeito de Nova Iguaçu e ex-senador Lindberg Farias (foto), ganhou ontem (17), no Tribunal Superior Eleitoral o direito de assumir uma vaga na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro.

O TSE derrubou a impugnação de registro de candidatura imposta a Farias nas primeira e segunda instâncias da Justiça Eleitoral, com a validação dos 24.912 votos conferidos a ele.

Com a decisão Lindberg assumirá a cadeira que ficaria com Luciana Novaes, que passa à condição de primeira suplente do PT, mas poderão acontecer novas mudanças, já que a vitória de Farias obriga a Justiça a recalcular o quociente eleitoral.

Envie seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.