Eleição só em 2020, mas campanha já está sendo ensaiada em Magé

Irmã do prefeito de Caxias já percorreu feira e tem reuniões marcadas em Magé

Jane já caminhou na feira e tem reuniões marcadas (Foto: Repodução/Facebock

Ela pode não saber ainda onde fica a sede da Prefeitura de Magé, mas achou o caminho da feira. Pré-candidata da família Reis a prefeita da cidade, Jane Reis já foi vista nas ruas de Piabetá se apresentando aos moradores da localidade, ciceroneada por figuras da política local sem mandato . Ela é irmã do novo “dono” do MDB em alguns municípios, o prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, que vem atropelando lideranças emedebistas na Baixada Fluminense, onde, apesar do mau desempenho dos seus nas eleições de 2018, se acha o rei da cocada. Como em Magé não está sendo diferente, ele pretende lançar a mana ao pleito de 2020, e já que ela desconhecida na área o jeito é antecipar as ações com reuniões e aparecimentos em locais de grande presença de público, como a feira de Piabetá, por exemplo, como numa espécie de ensaio.

Vexame nas urnas não reduziu a prepotência– Sem qualquer manifestação em política até agora, Jane Reis é um nome leve e se apresenta com simpatia nas ruas, ao contrário do irmão chefe do clã. Gente do próprio grupo classifica Washington como “prepotente e arrogante”, um político “que se acha superior a todos”.

Alguns amigos apostavam que ele mudaria de comportamento com a péssima votação dos irmãos Rosenverg e Gutemberg no pleito de 2018. Os dois somaram apenas 118.023 votos, quando Washington esperava “pelo menos 300 mil”, enquanto os dois candidatos do prefeito de Belford Roxo, disputando em um universo bem menor, conquistaram 246.453 votos.

“Fui deputado com o Washington e sou amigo dele, mas ele não se dá conta de que não é essa coca-cola toda. A decadência bateu na porta dele, mas ele ignora. Ele está precisando calçar as sandálias da humildade e ter mais respeito pelos colegas de partido. Antes de ficar querendo tomar a casa dos outros deveria cuidar primeiro da sua, que está meio bagunçada”, sugere um ex-parlamentar da Baixada Fluminense, hoje atuando na iniciativa privada.

Pernada de anão” – Também pré-candidato a prefeito, o presidente da Câmara de Vereadores Rogério do Valle foi deixado em situação difícil. Estava praticamente certo que ele seria o comandante do MDB mageense. Ele até foi convidado para uma reunião no dia 30 de agosto, na qual acreditava que seria apresentado como o grande nome da legenda no município.

Avisado a tempo, Rogério evitou o vexame não comparecendo, pois a festa foi toda preparada em torno dos membros da família Reis, com o presidente da Câmara levando o que em política se costuma chamar de “pernada de anão”.

Valle ainda está no MDB, mas se quiser ser candidato a prefeito, já se fala abertamente nos corredores políticos, terá de mudar de partido.

Além de Rogério do Valle e Jane Reis há outros pré-candidatos a prefeito, nomes como Renato Cozzolino, Ricardo Correa de Barros, o Ricardo da Karol, José Augusto Nalin e Vandro Lopes Gonçalves, o Vandro Família, mas como o prefeito Rafael Tubarão ainda não externou oficialmente sua preferência, pode ser que surja um nome fora da lista atual.

Comentários:

  1. No meu ponto de vista, o Vandro Família seria a melhor opção, pois como Deputado está demonstrando que realmente é um politico em ascensão, carismático e com bom discurso e muita facilidade para articular, e sem contar a boa relação que conquistou com o governo do Estado. Por esses motivos e com todo respeito, creio que Vandro está uns passos a frente dos demais. Abraço a todos

Envie seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.