Calote ameaça serviços essenciais em Silva Jardim…

… E abalado com operação do MP prefeito viajou para a Colômbia

Acéfalo desde a realização de uma operação do Ministério Público na Prefeitura, o município de Silva Jardim pode ficar sem coleta de lixo nas próximas horas, por conta da falta de pagamento. A empresa que presta o serviço estaria sem receber há cinco meses e não há previsão de quitação da dívida, uma vez que o prefeito Anderson Alexandre deixou a cidade depois que o MP apreendeu documentos e computadores para investigar denúncia de fraude em processo licitatório. De acordo com informações de uma fonte do próprio governo, Anderson viajou para a Colômbia e não deu posse ao vice-prefeito Sebastião da Silva Rocha e também não teria solicitado autorização da Câmara de Vereadores para ausentar-se do país.

A situação do prefeito está complicada e a governabilidade do município ameaçada. Embora Anderson tenha apoio da maioria dos membros do Poder Legislativo, um grupo de vereadores quer o afastamento de alguns membros do governo, por conta de supostas irregularidades, fatos graves que poderão resultar na anulação de vários contratos, inclusive o da coleta de lixo de um de locação de máquinas e caminhões.

No Ministério Público existem vários procedimentos investigativos e no último dia 15 agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público Estadual (Gaeco), em ação com o promotor Marcelo Arsênio, fizeram uma operação de busca e apreensão na Prefeitura, o que, afirmam pessoas próximas, teria deixado o prefeito muito abalado emocionalmente.

A falta de pagamento, segundo alguns fornecedores e prestadores de serviços, se deve à falta de planejamento do governo, que estaria perdido, gerencialmente falando. “Não sabemos o que vamos fazer, pois a coisa está se complicando cada vez mais”, disse ontem à noite, por telefone, um empresário que tem contrato com o município.

Comentários:

  1. Nossa cidade está sacudida por uma onda de incompetência e má fé. Esse prefeito tem de ser afastado pela Justiça, já que da Câmara de Vereadores nada podemos esperar.

Deixe uma resposta para Alcir Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.