Prefeito de Macaé terá de explicar contratações temporárias

Aluizio está preenchendo com apadrinhados vagas de aprovados para ESF

O primeiro edital de convocação de candidatos aprovados no concurso realizado em 2012 pela Prefeitura de Macaé para preencher vagas nas unidades do Programa Saúde da Família (PSF), agora chamado Estratégia Saúde da Família (ESF), demorou mais de um ano para sair. Foi emitido no dia 28 de março, fixando os dias 8, 9 e 10 de abril para apresentação dos 153 convocados para as funções de médico, dentista, enfermeiro, técnico de enfermagem, agente comunitário de saúde e auxiliar de saúde bucal, mas está causando muita polêmica. É que o prefeito Aluizio dos Santos Junior, em vez de convocar aprovados para outras funções, resolveu fazer contratações temporárias nos cargos de motorista, assistente social, nutricionista, fonoaudiólogo, farmacêutico e fisioterapeuta.

Revoltados com a atitude do prefeito, concursados estão apelando para o Ministério Público para fazerem valer os seus direitos. “Esse concurso só foi homologado porque apelamos para o MP. Feita a homologação o prefeito ficou enrolando para fazer a primeira convocação e tivemos de apelar novamente. Como o governo parece mesmo disposto a dificultar as coisas para nós, não temos alternativa que não seja pedir socorro ao Ministério Público mais uma vez”, protesta um candidato a uma vaga de motorista.

Entre os contratados temporários estão, por exemplo, as assistentes sociais classificadas nas 430ª e 637ª colocações. O prefeito também renovou vários contratos temporários, inclusive para as funções de nutricionista e motorista, para as quais ainda não chamou nenhum candidato aprovado, além de ter preenchido as duas vagas de fisioterapeuta oferecidas no concurso com as 61ª e 219ª colocadas no processo seletivo.

Documento relacionado:

1ª convocação

Matérias relacionadas:

Vagas de aprovados em concurso ficam com “lanternas” em Macaé

Aprovados para PSF continuam levando “volta” em Macaé

Comentários:

  1. justiça nao faz nada o Prefreito de Rios das ostras Sabino concelou o concurso sem motivo e mantem seus contratados até hoje e nada de justiça somente de Deus este ai quer fazer a mesma coisa..

Deixe uma resposta para Mere Vieira Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.