Meriti atrasa salário de servidores pela terceira vez

Prefeito está mais preocupado com a campanha de Lindberg Farias

A situação financeira da Prefeitura de São João de Meriti parece não estar nada boa. Pelo menos é isso que sugerem os repetidos atrasos no pagamento dos salários dos servidores, que muito tem reclamado, mas não são ouvidos pelo prefeito Sandro Mattos (PDT), que tem se mostrado mais envolvido com a coordenação da candidatura a governador do senador Lindberg Farias (PT) que com a administração do município, já quem não tem sido encontrado em seu gabinete pelos que lá vão cobrar o direito sagrado de receber em dia os seus proventos.

O atraso dessa vez afeta cerca de dois mil servidores municipais que ainda não receberam o salário de junho, que deveria ter sido pago até o quinto dia útil de julho, que foi o último dia 7. Na Secretaria de Administração a alegação é de que o município vem sofrendo com a queda de recursos federais, mas, de acordo com uma fonte da mesma secretaria, o atraso não afeta os secretários, os principais assessores do prefeito e ocupantes de cargos comissionados ou contratados temporários indicados por vereadores da base aliada do prefeito, que não foi encontrado ontem para falar sobre o assunto. De acordo com alguns servidores, o atraso – que atinge funcionários ativos, inativos e pensionistas – começou a acontecer em março.

Comentários:

  1. O prefeito não está nem ai para os nossos problemas. Fica o tempo todo correndo atrás do Lindberg em vez de cuidar das coisas aqui em São João de Meriti.

  2. isso é vergonhoso e o pior é q não temos ninguém por nós, parecem estar todos “comprados”, só isso para justificar essa inércia!!! e olha q estamos em ano de eleição, imagina o q iremos sofrer ano q vem…

  3. Pior que agora estão privatizando tudo, contrataram uma firma para ficar de frente do recursos humanos, pelo que dizem essa firma esta utilizando espaço, material e mao de obra publica e faturando em cima disso com Ciência do Prefeito e do Secretario de saúde pois estes sao amigos pessoas dos donos dessas firmas terceirizadas…Cadê o MP, vamos investigar isso ai minha gente, porque assim não dá…e esta reportagem ficou meio furada, porque todos, todos os funcionários da saúde nao receberam, uma parte recebeu nesta sexta depois das 18:00 o restante sem previsão….sendo eles comissionados ou efetivos

  4. Vocês ainda não virão nada!
    Minha empresa esta com uma multa de R$ 13.000,00, por um período que estava INATIVA.
    Reclamei com o secretario de fazenda e ele falou: Nem que baixasse o santo do melhor advogado tributarista, eu iria conseguir retirar a multa em São João de Meriti.
    ISSO QUE É ARRECADAÇÃO ILÍCITA.

  5. São João esta jogado as traças, uma vergonha. Assaltos a cada minuto, os bandidos invadindo sua casa e colocando arma na sua cabeça, a saúde péssima, um caos e esse povo não faz nada, e agora mais essa, as pessoas trabalham pq precisam e tem família para sustentar, contas para serem pagas e na hora de receber kd? Mas garanto que os responsáveis e suas famílias estão muito bem, comendo do bom e do melhor. Vamos ver se o povo acorda, aprende a votar …aproveita que esse ano tem eleição e tira essa corja daí.#prontofalei#

  6. É uma pouca vergonha que não começou em março mas sim no ano passado.O décimo terceiro foi pago dia dez de janeiro e o pagamento foi dia 28 de janeiro.A partir daí tudo piorou.

  7. Já fui no MP varias vezes levar ao conhecimento da vegonha que está o Municipio e São João de Meriti, sou funcionário lotado na secretaria municipal de segurança e nunca vi tanto descaso com os funcionarios e tambem com os pensionista e aposentados e revoltante.
    O Ministerio Publico não investiga pois todas as vezes levei ao conhecimento do MP, eles alegaram falta de provas e deram a minha denuncia como indeferida, e desanimador saber que ta tudo acontecendo na cara de todo mundo e o MInisterio Publico tambem não se pronuncia.
    Na minha opnião o ideal e fazer uma ação conjunta com todos os funcionarios das secretarias que estão sofrendo esse descaso, juntar todos o documentos de extratos, contra-cheques, comprovante de residencia e documentos que comprovem que seu nome esteja no SPC/SERASA e levar tudo ao MP.
    O Prefeito Sandro Matos infelizmente é uma pessoa que não tem o minimo de respeito com seu funcionários, então temos que nôs fazer respeitar.

  8. Já fui no MP varias vezes levar ao conhecimento da vegonha que está o Municipio e São João de Meriti, sou funcionário lotado na secretaria municipal de segurança e nunca vi tanto descaso com os funcionarios e tambem com os pensionista e aposentados e revoltante.
    O Ministerio Publico não investiga pois todas as vezes levei ao conhecimento do MP, eles alegaram falta de provas e deram a minha denuncia como indeferida, e desanimador saber que ta tudo acontecendo na cara de todo mundo e o MInisterio Publico tambem não se pronuncia.
    Na minha opnião o ideal e fazer uma ação conjunta com todos os funcionarios das secretarias que estão sofrendo esse descaso, juntar todos o documentos de extratos, contra-cheques, comprovante de residencia e documentos que comprovem que seu nome esteja no SPC/SERASA e levar tudo ao MP.
    O Prefeito Sandro Matos infelizmente é uma pessoa que não tem o minimo de respeito com seu funcionários, então temos que nôs fazer respeitar.

  9. Gostaria de fazer uma denuncia, os pensionistas e aposentados da
    Prefeitura de São João de Meriti, estão com os seus vencimentos
    atrasados desde Junho de 2014. As pessoas estão sem receber e com as suas vidas atribuladas. O Prefeito de São João de Meriti Sandro Mattos não repassa o dinheiro deixando as pessoas deseperadas. Pelo amor de Deus ajude, contamos com você.

  10. Isso é um absurdo! E como várias pessoas citaram, ninguém faz nada. Se os “altos cargos” estivessem sem pagamento, até a Globo já estava em cima. O Sandro Matos não está dando uma esmola, é um direito nosso. Temos que fazer uma ação conjunta sim. Vamos nos organizar!

Deixe uma resposta para MARCELLUS SCURSULIM Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.