Meriti: aprovados no concurso de 2011 ainda cobram convocações

No dia 5 de março profissionais de ensino fizeram uma manifestação para reivindicar, entre outras coisas, a convocação de novos professores

Com validade estendida até o dia 30 de setembro deste ano, o concurso público realizado pela Prefeitura de São João de Meriti em 2011 continua gerando polêmica. Embora já tenham sido feitas convocações de aprovados para o setor de Educação além do número de vagas ofertadas no edital, candidatos classificados reclamam que não existe transparência e alegam falta de divulgação adequada das listas de convocação. Ao todo foram oferecidas 691 vagas, sendo 35 para portadores de necessidades especiais. A Prefeitura disponibilizou 495 para o setor de ensino, 62 para Meio Ambiente e Defesa Civil, 28 para Obras e Urbanismo, 11 para o Planejamento, 51 para a Secretaria de Fazenda e nove para o Controle Interno.

De acordo com a Secretaria de Educação, já foram chamados 900 professores, mas no site da Prefeitura aparecem 642. Os classificados para outras áreas, principalmente para o Meio Ambiente a Defesa Civil reclamam que ainda há vagas a serem preenchidas, mas o prefeito Sandro Matos (PDT), recusa-se a fazer as convocações. 

No último dia 5 profissionais de ensino fizeram uma paralisação de 24 horas, reivindicando merenda de melhor qualidade para os alunos, a convocação de mais classificados no concurso, mas a Secretaria de Educação informa que no momento não há necessidade de novas convocações e essas só acontecerão se houver necessidade no futuro.

Comentários:

  1. Denis está fazendo o mesmo em Belford Roxo, o concurso classificou 762 p2, ele chamou 528 e não quer chamar mais, enquanto isso tem várias escolas com alunos sem aula.

Deixe uma resposta para sandro Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.