Oposição pode se unir para tentar bater Aluizio em Macaé

Glauco Lopes poderá ser o companheiro de chapa de Aluizio em 2016

E o atual prefeito pode se aliar ao clã dos Lopes para tentar manter se no cargo

Eleito em 2012 com 65,62% dos votos válidos, o prefeito de Macaé, Aluizio dos Santos Junior (PMDB), o Dr. Aluizio, ao que parece, já não é mais aquela Coca-Cola toda e poderá ser obrigado a tomar benção a um velho cacique da política local (o ex-prefeito Silvo Lopes) para somar forças com vistas a uma reeleição em 2016. Pelo menos esse é o rascunho de uma história marcada por puladas de cerca e debandadas que esvaziaram o grupo de Aluizio e reforçaram uma oposição que vem se assanhando na cidade, falando, inclusive, em união de forças. Hoje pré candidatos, os vereadores Chico Machado (PSB) e Igor Sardinha (PRB) tem se reunido com o vice-prefeito Danilo Funke (sem partido) e com o ex-prefeito Riverton Mussi (PT do B) e a conversa é mais ou menos assim: os quatro nomes serão submetidos ao crivo das pesquisas de intenção de votos e o que for mais bem avaliado terá o apoio dos três que sobrarem.

Magoado com a postura do presidente da Alerj, Jorge Picciani – que exigiu que ele renunciasse ao mandato de vereador para assumir como suplente a vaga aberta com a saída do deputado Domingos Brazão para o Tribunal de Contas -, Chico Machado absorveu como a gota d´áqua que faz o balde derramar, a entrega do comando do PMDB a Aluizio e deixou a legenda. Buscou abrigo no PSB para tentar ser prefeito, mesmo sonho de Sardinha, que com um processo de expulsão muito mal explicado saiu pelas portas dos fundos do PT, agremiação partidária a qual  também pertencia o vice-prefeito Danilo Funke. Tomados pelo mesmo desejo os três esbarram na pretensão de Riverton Mussi, que também teve de deixar o PMDB para lutar pela sobrevivência e voltar a sonhar com a Prefeitura, apesar de ter pela frente uma enorme  barreia chamada Lei da Ficha Limpa.

Se a oposição de quatro nomes ameaça se unir pelo mesmo ideal, o atual prefeito estaria planejando voltar ao passado e beijar a mão do ex-todo-poderoso Silvio Lopes e pedir consentimento para “casar” com o ex-deputado Glauco Lopes, completando uma chapa para enfrentar os opositores no próximo ano. “Hoje o desenho é esse: Glauco tem tudo para ser o candidato a vice-prefeito do Dr. Aluizio”, disse uma importante liderança da região, depois de ter se encontrado com os quatro opositores.

Matérias relacionadas:

Farra das desapropriações em Macaé foi ainda mais ampla

Manobra de Picciani põe Rafhael do Gordo na Alerj

Comentários:

  1. Lamentável!! Aluízio foi uma esperança de mudança que decepcionou a todos! Trouxe de volta o clã da Raposa para o governo. Nada mudou, retrocedeu…Persegue servidores, mente sobre os casos de dengue, microcefalia, fecha escolas, cabide de asssessores… Ele pior que os outros no sentindo de ser disdimulado, mentiroso, fingido. Também está sendo processado por improbidade administrativa e enriquecimento ilícito pelo MP. Resumindo: Mais do mesmo! Na cidade nada mudou!!!!

Deixe uma resposta para Hermes Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.