Por onde anda o prefeito de Guapimirim?

Marcos Aurélio parece perdido numa “multidão” de problemas

Marcos Aurélio não tem marcado ponto na Prefeitura nem sido visto nas ruas da cidade

De hábitos e vida simples, ainda residindo no imóvel que pertence a sua esposa, o prefeito de Guapimirim, Marcos Aurélio dos Santos, ao contrario da maioria dos que obtém poder na vida pública, não mudou de comportamento nem perdeu a timidez dos tempos em que era um dos motoristas dos caminhões do ex-prefeito Nelson Costa Mello, o Nelson do Posto. Ganhou a cadeira de presente duas vezes. A primeira em setembro de 2012, com a queda e prisão do prefeito Renato da Costa Mello Junior e um mês depois foi “reeleito”, graças aos votos e ao número 15 herdados de Ismeralda Rangel Garcia, que liderava as pesquisas de intenção de votos na disputa eleitoral daquele ano. O problema é encontrar Marcos Aurélio, que parece ter sido contaminado pela aversão a Prefeitura que seu antecessor tinha.

 

O que mais se reclama na cidade é que o governo fica entregue a uns dois ou três secretários, repetindo o que acontecia no inicio da gestão, quando um pastor, um contador da Família do Posto e um lobista ligado ao ex-prefeito Junior do Posto e que se apresentava como empresário davam as cartas na gestão. Em crise, a administração municipal se mostra sem rumo e os secretários parecem não se entender, com cada um puxando por um lado e uns dois ou três achando que podem mandar mais que o prefeito. O ponto de equilíbrio – na ótica de observadores mais atentos -, está na Secretaria de Administração, onde Fernando Maçullo Braga, que passou ileso por todas as gestões dos “do Posto”, se desdobra com sua equipe para não deixar a peteca cair.

“O prefeito não tem aparecido ultimamente”. A resposta soou automaticamente durante quase todo o mês de janeiro nos contatos feitos com a Prefeitura na busca de informações e os membros do primeiro escalão também fogem do dever de dar satisfação à opinião pública sobre as queixas de moradores, servidores, fornecedores e prestadores de serviços que não conseguem receber suas faturas, já que apenas um grupo seleto tem o privilégio de ser pago, quando os atrasos chegaram a afetar o abastecimento de gêneros alimentícios para algumas escolas no ano passado..

Antes o maior problema em Guapimirim era saber quem mandava e agora é achar o prefeito em seu gabinete. Com a palavra o Sr. Marcos Aurélio Dias. O espaço está aberto e é de graça.

Comentários:

  1. Em resposta a Leo:
    Ora, então não devia se meter a fazer o que não sabe! Deveria ter voltado pro caminhãozinho, pois já havia cumprido o seu dever ao compor a chapa para salvar a candidatura do Júnior do Posto, que substituiu a do tio na última hora, enganando todo o povo de Guapimirim, que votou em um e elegeu outro, num verdadeiro estelionato eleitoral. Os verdadeiros donos das cadeiras morreram, a virtual herdeira se encalacrou com a Draco e a pessoa simples de coração e gestos, mas não tão simples na ambição, resolveu se candidatar, apoiado por quem queria continuar a fazer as tenebrosas tentações. Deu no que deu e o homem simples de coração e gestos está arriscado a ir pra cadeia até o fim do mandato e ser cassado por improbidade administrativa. Pobre Guapimirim, mais quatro anos perdidos e se não escolher direito desta vez, serão mais quatro. Para o povo que votou maciçamente no Eduardo Cunha, que não sabe nem onde fica Guapi, Marco Aurélio até que lhe cai bem como prefeito…

Deixe uma resposta para Leo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.