Eleição em Barra do Piraí será em agosto

Em sessão realizada ontem o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) aprovou uma resolução marcando para o dia 4 de agosto a eleição suplementar para escolha do novo prefeito de Barra do Piraí. O colegiado havia confirmado, no dia 30 de maio, a cassação do prefeito eleito em 2012, Maércio Fernando Oliveira de Almeida (PMDB) e do vice, Norival Garcia da Silva Junior (PV), por abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação. A cassação se deu em processo julgado no dia 19 de fevereiro pelo juiz pelo juiz Maurilio Teixeira de Mello Junior, da 93ª Zona Eleitoral.

O município está sendo governado interinamente pelo presidente da Câmara de Vereadores, Expedito Monteiro de Almeida (PRB), conhecido como pastor Monteiro de Jesus. Os cerca eleitores voltarão às urnas porque Maércio obteve 53% dos votos válidos e nos casos em que uma decisão judicial anula mais de 50% dos votos válidos, a legislação determina a realização de um novo pleito.

De acordo com a denúncia do Ministério Público que gerou o processo de cassação, Maércio – que era o vice do prefeito José Luiz Anchite – foi beneficiado pelo uso da máquina administrativa e sua campanha teria sido favorecida pela cobertura jornalística tendenciosa de dois jornais locais, “O Barrense”, de propriedade da família do candidato a vice, Norival Junior, e o “Tasquim”. A propaganda irregular em favor da chapa da situação teria ocorrido de forma reiterada na emissora de rádio “RBP”, também da família de Norival, no programa “Gato Preto”, de grande audiência no município.

 

Matérias relacionadas:

Justiça cassa prefeito de Barra do Pirai

Barra do Piraí terá nova eleição para prefeito

Comentários:

Deixe um comentário para Orlando Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.