TRE decide hoje o futuro do prefeito de Maricá

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE), vai decidir na tarde dessa segunda-feira o destino do prefeito de Maricá, Washington Luiz Cardoso Siqueira, o “Quaquá” (PT). Ele foi declarado inelegível por oito anos em julgamento na 55ª Zona Eleitoral. Se a decisão for mantida Quaquá poderá recorrer ainda ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas é possível que o TRE determine que ele aguarde o julgamento em terceira instância fora do cargo.

Conforme o elizeupires.com revelou no dia 8 de abril, Quaquá – reeleito em outubro do ano passado – teve sua inelegibilidade decretada pela juíza Juliane Mosso Beyruth de Freitas Guimarães, em processo no qual o prefeito foi acusado de desviar a finalidade do lançamento do Programa Renda Melhor, visando para obter benefícios eleitorais.

Quaquá foi condenado na ação de investigação nº 82-09.2012.6.19.0055, com a juíza acatando o pedido de declarar o prefeito inelegível e a cassação do seu mandato a partir de parecer do Ministério Público em ação ajuizada pelo partido Democratas, com base em um telegrama que o prefeito enviou à população de Maricá, convidando o eleitor a comparecer ao evento de lançamento do Programa Renda Melhor, oferecendo o valor de R$300.

Matérias relacionadas:

Juíza enquadra Quaquá

Mantida sentença que torna Quaquá inelegível 

 

 

 

Comentários:

Deixe uma resposta para Martins Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.