Nas barbas da PM bandidagem faz o que quer em Magé

Incidência de crimes aumenta a cada dia e a polícia fica vendo a banda passar

A tranquilidade agora é pas- sado para os moradores de Magé. O perigo tomou conta das ruas e a ameaça pode estar em qualquer esquina. Recentemente um jovem recruta da Polícia Militar e sua es- posa, tiveram que deixar a casa que com tanto sacrifício construí- ram. O gerente da  ‘boca´ o cha- mou e deu um conselho: “Cama- rada, é melhor você meter o pé. Eu sou cria daqui e jamais faria qual- quer coisa contra morador, mas não posso garantir mais nada. O pessoal que veio de fora é que está mandando. Os caras barbarizam mesmo…”

É claro que se esse caso for cobrado do comando do 34º BPM será negado, mas a realidade que os coronéis não querem admitir está diante dos olhos de todos. As UPPs que tanto orgulham o secretário de Segurança, o gaúcho José Mariano Benincá Beltrame, expulsaram as quadrilhas das favelas do Rio, fazendo-as migrar para outras regiões, principalmente para a Baixada Fluminense. O fato é que a coisa está feia em Magé e, goste ou não o comando local da Polícia Militar, os bandidos tomaram conta da cidade e estão ditando as regras, mostrando-se mais fortes que o sistema de policiamento adotado na cidade.

Essa semana um triplo homicídio chocou a população. Um advogada, a mãe e o pai foram trucidados a tiros. Na semana anterior um cabeleireiro foi cruelmente assassinado. Um barbeiro também e, dia desses, um jovem foi baleado numa tentativa de assalto. Morreu uma semana depois no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes. O número de assaltos aumentou bastante, o roubo de carros também, mas vai falar isso com as autoridades policiais para ver… Certamente dirão que os índices são normais, que não há bandido de fora na cidade e que tudo está sob controle. É verdade… Está mesmo sob controle… dos bandidos.

Matérias relacionadas:

A Baixada que se dane…

Magé, uma cidade sitiada pelo crime

PM a serviço da CRT em Magé

Comentários:

  1. Boa Tarde à todos !
    Primeiramente a educação tem que vir de casa, eu carrego comigo e passo aos meus filhos conceitos ensinados pelos meus pais. Agora as pessoas vêem os filhos, sobrinhos, vizinhos, amigos e etc, fazerem coisas erradas e não estão nem aí, ah é só um cigarrinho de maconha é normal, não está prejudicando ninguém, é lógico que está, está ajudando a financiar o tráfico. A criança ou o adolescente chega com alguma coisa de diferente em casa, como uma bicicleta, uma bola e etc, os pais não estão nem aí e os filhos acham que isso é normal, amanhã estão roubando e dizendo que é pra sustentar o vício. Outra coisa, do mesmo jeito que está faltando no PAÍS inteiro Hospitais e Escolas, também está faltando Presídios, aí os presos de “menor potencial”, os que cumprem um terço ou menos da pena e os que pagam fiança voltam pra rua com bastante certeza da impunidade, é isso que dá força aos bandidos A CERTEZA DA IMPUNIDADE, é muito complexo,

  2. Vou citar um exemplo de erro que já cometi e hoje não cometo mais, eu via uma blitz da polícia e piscava o farol pra todos que vinham no sentido contrário pra avisar, depois parei pra pensar que eu poderia estar avisando a um ladrão, um assassino ou um criminoso qualquer que mais à frente havia uma blitz. Uma vez roubaram um comércio perto de casa e eu vindo do Rio não sabia de nada, passei por uma blitz e como sempre fui avisando (piscando o farol), aí cheguei em casa e soube do acontecido, foi onde pensei, poderia ter sido minha casa, minha família e eu avisando aos carros do sentido contrário para não passar pela blitz, muito possivelmente eu avisei ao ladrão para não passar ali. È muito complexo, e por hora é só. Abraços !

  3. Com certeza a Polícia tem muito o que melhorar, mas não podemos culpar só a Polícia. Chegou a hora da população se decidir, rever os seus conceitos, não adianta a pessoa cobrar se não dá o exemplo, e o exemplo, a educação vem de casa, porque se deixar a vida ensinar, aí tudo pode acontecer e depois não adianta chorar !!! A população tem que parar de achar que é normal a pessoa fumar um cigarrinho de maconha, é normal a pessoa dar um tequinho, é normal andar armado, é normal chegar em casa com objetos sem procedência e nem interpelar de onde veio aquilo, eu não acredito que uma mãe, um pai, um irmão ou outro familiar qualquer não veja ou não perceba uma movimentação estranha em casa. Agora é mais fácil colocar a culpa na Polícia, e ainda dizer: não ele era uma pessoa boa, só as amizades que não prestavam! A população tem que deixar de ser hipócrita!

  4. A população tem que deixar de ser hipócrita ! Mais não, quer comprar um celular, vem um e fala assim, pô tem um amigo meu que arruma bem mais barato, ai a pessoa vai e compra sem saber a procedência, ah quero abrir uma firma, tem que ter um desenrolo na fiscalização, ah quero vender alguma coisa, pô mais tenho que arrumar um jeito de sonegar, ah quero fazer a vistoria mais meu veículo não está em condições de passar, ah tenho que arrumar um desenrolo, pocha podemos ver pela TV pessoas colocarem dinheiro na cueca, na meia, em paraísos fiscais, as vezes são julgados, e quando são, tem 500 instâncias pra se tramitar, quase sempre ninguém é preso, o dinheiro não é devolvido e é o POLÍCIA que não presta, venhamos e convenhamos, em toda profissão existem aqueles que prestam e os que não prestam, até nas Igrejas existem pessoas que prestam e as que não, então vamos parar pára refletir e deixarmos a hipócritas ! É muito complexo !

  5. È, como é que são as coisas, um dia desses vi no magé online, uma pobre coitada reclamar que aquele pobre coitado que morreu na porta do tênis clube foi por culpa da polícia que chegou tarde, mais po–a o cara sempre procurou aquilo, mais a culpa foi da polícia que não levou pra escola, que não chamou a atenção dele quando estava fazendo coisa errada, é complicado, mais particularmente a polícia era pra ter chegado ontem la !

  6. Essa é a politica de Cabral e Beltrame que usa a Farsa das UPPs para exportar bandidos e não prender ninguém. Eles dizem que as favelas está pacificada e tranquilas.
    Mas os políticos fazem e falam só o que lhe convém e o que lhe interessa…

  7. Parece que o jornalista Elizeu Pires não gosta da polícia. Sempre que pode dá uma pancada. A violencia não é privilégio de Magé. Está em toda parte.

    1. Boa tarde. O senhor acertou em cheio. Realmente não gosto da polícia, mas dessa polícia covarde, que gosta de dar tapa na cara de trabalhador e treme quando bate de frente com a bandidagem. Não gosto dessa polícia que fecha o trânsito com uma patrulha e dois agentes, que fica escondida nas ruas apagada em operações extramamente suspeitas. Não gosto dessa polícia burocrática, feita por oficiais que nunca deram um tiro fora dos treinamentos, nunca saíram às ruas e ficam atrás das mesas punindo os bons policiais que realmente sabem e gostam de trabalhar. Não gosto da polícia bandida, formada de milicianos e por envolvidos com o tráfico. Mas, se o senhor realmente quer saber, gosto e respeito muito a polícia combativa, aquela que não amarela, feita por policiais de verdade. Para essa polícia, capitão, eu tiro o chapéu agora, hoje e sempre. A essa eu respeito. A outra eu combato. Abraços a todos e fiquem com Deus.

    2. Se criticar a polícia é sinal de não gostar dela eu também não gosto. Temos bons policiais sim aqui em Magé, mas a PM está perdendo de goleada para a bandidagem. Isso é fato.

    3. Com a quantidade de assaltos e assassinatos que estamos tendo em Magé Capitão Silas, em quem que você quer que se dê pancada? Na população como quer o Tio Jonas?

    4. É capitão. O senhor poderia ir dormir sem essa. O Elizeu não é filho de pai assustado. Não é igual aos daqui que se dizem jornalista e ficam elogiando a polícia o tempo todo, sabe-se lá por que. O senhor pisou na bola nessa. A PM em Magé está perdendo o jogo sim.

    5. O Capitão Silas, não sei se você é de Magé (parece que não), mas até bem pouco tempo atrás, dentro do possível, Magé era uma cidade pacata. Hoje, é terra sem Lei. Por culpa das UPPs ou não, não me lembro de tantos assassinatos e de tantos assaltos em tão pouco tempo. Você acha que a polícia está agindo de forma certa? Em quem você acha que o Elizeu tem de dar pancada? Nos diga de quem é a culpa.

      E violência meu caro, não é privilégio para ninguém. Você realmente perdeu uma grande chance de ficar quieto.

  8. Tio Jonas, da maneira que você escreveu, você dá a entender que é um policial e que as famílias são as maiores culpadas de tudo o que vem acontecendo nos últimos meses em Magé. NÃO SÃO!!!!!!!!!!!

    O Problema é muito mais sério do que você pensa e do que você alcança. A PARCELA MAIOR DE CULPA NESTA HISTÓRIA É DOS NOSSOS GOVERNANTES. E para comprovar o que digo, procure saber qual é o nosso IDEB e o nosso IDH.

    Você generalizou. Não admito que você me coloque no mesmo saco de hipócritas, de sonegadores, de viciados, de X9, de ladrões e/ou de pais desnaturados.

    Para falar somente no caso de Magé, o comandante do 34º Batalhão de Polícia Militar, embora esteja trabalhando muito, tem de admitir que não está conseguindo dar conta e pedir ajuda.

    Reveja seus conceitos Tio Jonas, não generalize em um próximo comentário e fique certo de uma coisa, a população não anda armada, não combate bandidos, não faz blitz e não é miliciana, não faz escolas e não contrata professores.

  9. Ganham mal e trabalham mal. O que vai dar nisso um mal serviço. Sou contra a policia covarde tmb. Vou dar um exemplo aqui em Surui o DPO so funciona ate as 18hs segundo os proprios policiais, apos nao precisa nem contar com eles. Ate mais!!!

  10. Outro dia eu tava na fila do caixa eletrônico do itáu piabetá, parou uma viatura do lado de fora, desceu um sargento, passou na frente de todo mundo e sacou dinheiro no caixa, quando reclamamos ele disse que estava de serviço e que estava protegendo a população e não podia demorar.

  11. O avanço da criminalidade não é privilégio de periferia em qualquer nível.Egressos de áreas de domínio da Capital, em fuga da polícia, disputam, em melhor situação a liderança da marginalidade da Baixada.Faltam investimentos , melhor capacitação e tambem incentivos na profissão .Ser policial é conviver com desigualdades sociais, economicas o que elege o agente da Lei em advogado, em causa própria, em Promotor se busca o estrito cumprimento da função ou Juiz, quando supõe poder manipular situações de rotina.Criminalidade, falta de segurança, despreparo da policia se conjugam no desfecho do quadro atual.

  12. Concordo em partes com alguns que falaram aí!!!!
    Acredito que está tudo de cabeça para baixo!!! Os pais transferem suas responsabilidades para a escola, q por sua vez não dá conta, encaminha ao conselho tutelar e tb nada, passam o indivíduo de série para se livrarem do problema!!! Os governantes fazem leis q os professores nada podem fazer e ainda tem q deixar o indivíduo passar… e por aí vai!!! E qd chega na idade adulta muitos não tiveram limites e batem de frente com a PM… !! E o povo acha q tem q resolver todo o problema da população, mas q tb esquecem q a PM tb veio dessa MERDA q é nossa sociedade!!!! E AÍ ACONTECE TUDO Q ESTAMOS VENDO HJ EM DIA!!!!! O Judiciário comprado, o Legislativo financiado e o pobre operário q trabalha honestamente ferrado, seja ele o q for!!!!!!!!

    1. Prezado Fernando, resumindo tudo o que você escreveu, as mazelas de um país estão totalmente ligadas a educação de baixa qualidade ou a falta dela.

      Lendo os livros de Laurentino Gomes sobre a história do Brasil (1808, 1822 e 1889), em vários trechos há comentários de estrangeiros que chegaram por aqui e que ficaram impressionados com a miséria e com a falta de instrução do povo brasileiro.

      Nossos governantes de hoje, seguem os passos dos governantes de ontem, pois, um povo sem instrução, é presa fácil para políticos, principalmente em tempos de eleições. Contra a falta de trabalho, contra a falta de instrução e contra a fome, não há muito o que ser feito. A corrupção impera.

      Voltando ao assunto da matéria, só há uma solução, a intervenção imediata do governo do estado. Os bairros Lagoa, Piedade e Nova Marília estão a olhos vistos, tomados pela bandidagem que migrou dos morros do Rio de Janeiro para cá.

  13. A polícia Militar é corrupta e truculenta, todos sabem disso, a maioria são policiais desqualificados e sem nenhum profissionalismo, é claro que eu não vou generalizar e dizer que todos os Policiais Militares são bandidos e ladrões atrás de uma farda suja… existe sim muito policial honesto ainda, mas achar um policial honesto no meio de um bando de corruptos é quase que procurar uma agulha no palheiro !!!

    Por essas e outras que a Polícia Militar tem o filme tão queimado no Brasil, a Polícia Militar perdeu a credibilidade da população, ficaram com a fama marginalizada, alguns hoje em dia sentem mais medo da Polícia do que dos próprios bandidos, o que era para ser ao contrário.

  14. Boa tarde eu queria dizer que a noticia acima esta incorreta pois meu irmão Doerneles não era padrasto da advogada e sim pai dela.e nos da família esperamos e vamos cobrar por justiça os culpados tem que pagar,pois eram pessoas de bem.

    1. Boa tarde, Rosangela. Desculpe-nos por essa falha. A correção já foi feita, Conte com o apoio do elizeupires.com nessa luta.

  15. A muito tempo atrás é desvantagem morar na baixada, principalmente em Magé, auto índice de desemprego, falta de área de lazer, educação precária até na rede particular, baixo IDH, passagens caras, descaso político com a saúde e saneamento básico…. Mas podiamos bater no peito com orgulho e dizer: “pelo menos os meus filhos podem brincar nas ruas sem o risco de balas perdidas, minha casa dorme a aberta sem risco de assalto, o seguro do meu carro é barato pelo baixo índice de furtos” e agora, falar o quê, ficar porquê. Hoje é melhor morar na Mangueira, Jacaré, Arara, Manguinhos, Parque Alegria, Complexo do Alemão, Boreu, Morro da Formiga e outras comunidades pacificadas sem pagar imposto, perto dos melhores shoppings, das melhores escolas e faculdades, teatros , ampla rede de saúde, próximo do trabalho. Quem tem a melhor qualidade de vida o morador dessas comunidades ou o mageense que está perdendo a tranquilidade com o aumento da criminalidade? pergunte ao CABRAL E AO PEZÃO!

  16. Reclamar da policia é mole, quero ver os manifestantes pedirem aumento para os policiais que de um jeito ou de outro são sempre solicitados quando o cidadão de bem se sente em risco! E os meios de comunicação só mostram as ações truculentas que existem sim, e as de bravura? não precisa? é obrigação? meu povo o policial também tem família e não pensem que eles estão satisfeitos não, o militarismo é cruel !

    1. Esse é o problema, militarismo. Para que militarismo na polícia? Quanto aos meios de comunicação mostrarem a truculência, tem mais é que mostrar mesmo. É muito fácil meter o pé na porta de família de bem, dar tapa na cara de trabalhador e sumir com os amarildos da vida. Na hora de encarar o bicho de verdade muitos amarelam.

  17. O mageense daqui em diante, precisa registrar todas as ocorrências nos distritos policiais, desde um simples delíto, até os mais bárbaros, não podemos continuar omissos, é preciso dar um basta, só registrando as ocorrências que teremos reforço na segurança pública de Magé…

  18. É necessário que o ECA seja revisado, e que mudanças sejam feitas responsabilizando e cobrando mais as famílias.É um absurdo uma mãe dizer “não aguento mais meu filho,vou entregá-lo ao Conselho Tutelar!” E .este só tem 10 anos.Existem leis que são criadas e ficam sem serem revisadas desde o descobrimento do Brasil.Aí o menor é retirado do seio da família ,que foi quem não lhe deu os primeiros ensinamentos e lhes ensinou os valores e é levado para um abrigo.Lá tudo de pior acontece com ele,os de mais idade que já iniciaram na vida sexual ,fazem sexo com os menores.Aí saem de lá já com intenção de se vingar,com ódio no coração e ao invés de serem tratados ao completarem 15 anos são devolvidos a família.A POUCO TEMPO ACONTECEU ISTO COM UNS MENORES DA CAPELA EM SANTO ALEIXO.Sabe o que aconteceu ,de imediato foram devolvidos a mãe,saíram pior do que entraram.

    1. Prezada Marriete, por favor não generalize. As famílias até podem ter uma parcela de culpa sim nesta história toda, mas com certeza é a menor. Repito, contra a falta de instrução, a falta de um trabalho digno e a fome, não há o que se fazer.

      A CULPA É E SEMPRE FOI DE NOSSOS GOVERNANTES DE HOJE E DE ONTEM.

  19. é tudo culpa de brasilia que faz leis, sem perguntar se o povo concorda,principalmente essa que um pai não pode dar
    uma sova nos filhos mais a policia pode pegar e matar,tem que mudar esses pensamentos sórdidos.

Deixe um comentário para Fernando Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.