Vereadores votam contra coleta seletiva em Japeri

Catadores agora não terão mais opção de renda

Numa sessão tumultuada, marcada por ataques à im- prensa, a Câmara Municipal de Japeri confirmou na tarde de hoje que caminha mesmo na contramão e que a proposta da maioria de seus integrantes é ser contra tudo, inclusive contra os interesses do povo. Por voto da ampla maioria, foi rejeitado hoje o projeto que instituiria a coleta de seletiva de lixo no município, uma exigência para que Japeri passesse a receber o ICMS Verde, um incentivo financeiro do governo estadual para as prefeituras que investem na preservação ambiental, que por conta disso, passam a ter repasse maior do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. O que mais chamou a atenção foi o fato de o vereador Jonas Cruz, vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente também ter votado contra.

Por força de uma lei federal não poderá existir mais lixões nas cidades brasileiras e o de Japeri está sendo desativado para que o município se enquadre à lei. Com o fechamento o lixo coletado na cidade será levado para o aterro sanitário de Paracambi, aprovado pelo Instituto Estadual do Meio Ambiente (Inea), que vai receber ainda os resíduos sólidos de Mendes, Miguel Pereira, Paulo de Frontin e Queimados, mas parece que a Câmara de Vereadores não entendeu a importância disso.

A proposta da Prefeitura em implantar a coleta seletiva de lixo, além de enquadrar na Lei do ICMS Verde, visa cria uma fonte de renda para as centenas de pessoas que vivem da catação de lixo no lixão da cidade e que perderão essa fonte de renda com o descarte do lixo passando para o aterro de Paracambi, onde catadores não poderão atuar. A favor do projeto votaram apenas os vereadores Reginaldo de Souza Leão, Álvaro Carvalho, Kerly Gustavo e Marcos Arruda.

Comentários:

  1. Eu fico intrigado como uma coisa, como o vice-presidente da comissão de meio ambiente, pode votar contra a coleta seletiva? É nisso que dá colocar pessoas despreparadas, pessoas que não sabem nem oque estão fazendo ali, pessoas que compram nossos votos por 50,00 R$ ou por uma ligação de água como fazia nosso vereador Jonas Cruz. Então já passou da hora de revermos nosso conceitos e critérios de votação. Avança Japeri.

Deixe uma resposta para Milton Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.