B. Roxo: apoio da educação ainda não recebeu salário de dezembro

Funcionários contratados através de cooperativa só ouviram até agora que não há previsão

Os funcionários que atuam como estimuladores, merendeiras e inspetores na rede municipal de ensino de Belford Roxo ainda não receberam o salário de de- zembro. Eles foram contratados pela Prefeitura através da Cooptar, uma cooperativa que fornece mão de obra para vários municípios fluminenses e que não vem honrando os compromissos com os trabalhadores, pe- los quais recebe dos contratantes praticamente o do- bro do que paga. Uma fonte ligada à direção da en- tidade confirmou agora pela manhã que o pagamento ainda não foi feito e não há previsão de data, pois o prefeito Adenildo Braulino dos Santos, o Dennis Daut- tmam, ainda não repassou o dinheiro e nem fixou uma data para fazê-lo.

Funcionários reclamam de que os atrasos são constantes, mas nunca o salário demorou tanto para ser quitado como agora. “Nunca tivemos uma data cer- ta para recebermos nossos salários. Tem mês que recebemos no dia 20, mas agora ficou mais complicado”, contou ontem, uma funcionária.

A Cooptar não é a única prestadora de serviços ao município de Belford Roxo que tem encontrado dificuldades para honrar seus compromissos. A Prefeitura tem atrasado em até quatro meses o pagamento das faturas, o que tem inviabilizado inclusive alguns serviços básicos. O prefeito foi procurado para falar sobre o assunto, mas não retornou o contato.

Comentários:

  1. O salário dele e da esposa que “finge que trabalha” numa secretária especial está em dia não é verdade? Isso que é importante o resto que se vire nos 30.

Deixe uma resposta para Everton Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.