Concursados vão à luta por vaga em Meriti

Prefeitura ainda mantém contratados em sala de aula

Os candidatos aprovados fora do número de vagas oferecidas no edital do último concurso realizado pela Prefeitura de São João de Meriti decidiram lutar pelas vagas ainda ocupadas por professores contratados temporariamente e profissionais em dobras autorizadas pela Secretaria Municipal de Educação. A “briga” dos candidatos foi “comprada” pelo Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe), que a exemplo do que aconteceu em Belford Roxo em 2012 e está se repetindo agora, deverá recorrer à Justiça. Para tanto foi marcada para o próximo sábado, às 10h, no Colégio Estadual Professor Murilo Braga (Rua Roberto Silveira, S/N, Centro), uma reunião com todos os interessados. O prefeito Sandro Mattos já fez convocações do cadastro de reserva, mas optou por manter contratos precários e professores com carga horária dupla para suprir as necessidades neste ano letivo.

No concurso realizado em 2011 a Prefeitura ofereceu apenas 237 vagas imediatas para professor II, embora exista uma carência de pelo menos 1,2 mil profissionais, segundo estimativa da própria Secretaria de Educação. O processo seletivo foi prorrogado por mais dois anos, o que renovou as esperanças dos candidatos, mas como o governo não se pronuncia sobre novas chamadas, os classificados para o cadastro de reserva começaram a se mexer.

Segundo a Secretaria de Educação informou hoje, além dos 237 aprovados para as vagas imediatas de professor II, foram chamados 424 do cadastro de reserva e não há previsão novas convocações.

Comentários:

    1. Boa tarde. Já havia me reportado sobre esse assunto, mas fica difícil ajudar quando os próprios interessados pareciam acomodados. Fico feliz com essa iniciativa. Boa sorte a todos e contem sempre com o elizeupires.com.

    1. Queria agradecer a matéria sobre o concurso de São João de Meriti,pois as DJs é um descaso com os candidatos do cadastro de reserva.Agradeço o apoio na divulgação.

  1. Boa tarde, Elizeu. O prefeito Sandro Matos fala que convocou a mais 424 PII, mas o que ele não fala que muitos professores pediram exonerações e contamos também com muitas aposentadorias desde o inicio do concurso. Os editais nem sempre abrem, mas nos que conseguimos abrir há uma carência de mais de 300 PII na rede. Dos 424 PII pelo menos 150 PII já pediram exoneração e não estão mais na rede. A Prefeitura desde o inicio do concurso contam com os próprios professores nomeados no concurso para que façam J’ETs (DOBRAS). Essas dobras são uma economia muito grande para os cofres públicos , pois quem dobra só recebe o salário base de 925,67 sem regência de 380,00 e a ajuda de custo de 50,00 reais. Então a cada professor concursado e nomeado dobrando, a prefeitura deixa de pagar 430,00 multiplicado por 300 realmente é uma economia muito grande.

  2. O assunto aqui é o concurso 2011 da Prefeitura de São João de Meriti. Nenhum outro município está citado na matéria. O elizeupires.com não veicula comentário fora do assunto. Insistir nisso serve apenas para tumultuar o debate. Obrigado pela compreensão.

  3. Excelente matéria ,o que ouvimos e vemos são salas superlotadas ,dobras em excesso enfim descaso total com a educação .Eles dizem q chamaram além do número de vagas mas não contabilizam as exonerações e aposentadorias ,se você quer conhecer o politico olhe p o q ele faz ou fez pela educação nesse caso somente reformas de escolas ,cadê a valorização do professor??dia 20 de dezembrodo ano passado ele não havia depositado o 13º de ninguém da educação DESCASO TOTAL,fico indiginada quando ouço uma mãe reclamar que seu filho não esta na escola por falta de professor,quando existe um concurso vigente e com cadastro reserva de mais de 3,000 profissionais.

  4. Bom dia !Elizeu o prefeito Sandro Mattos prorrogou o concurso,mas a carência em São João é enorme….Existem 62 duas escolas neste município ,eu fiz concurso para OP. Minha maior tristeza é saber que tem vaga e o prefeito fica enrolando…….Tivemos uma reunião e ele falou que teria convocações e té agora nada é uma falta de respeito….

  5. Já fiz concurso para a prefeitura de São João de Meriti e não fui chamada, nem lembro mais o ano. Era para a área administrativa. Só sei que a minha classificação era 98°. Na época fui várias vezes à Prefeitura e nada. Para mim serviu de lição. Não consigo mais dar credibilidade aos concursos vindos deste município. No município de Duque de Caxias rola contrato e desde 2005 não abre inscrição para concurso de professores. Será que não falta professores na rede?

  6. Boa noite Eliseu! Assim como Bel Roxo conseguiu, tenho certeza que, com sua ajuda , expondo a situação mais abertamente, essa vitória os professores concursados de São João vão alcançar. As dobras estão acontecendo descaradamente e o governo municipal quer mais é que o concurso caduque . A carência é muito grande e eles não estão nos fazendo nenhum favor. É direito nosso, conquistado.
    Contamos com vc. Um abço.

  7. Pois é, vagas tem de sobra, pois se há dobras, logo tem vagas. Eu pedi exoneração em novembro. Motivo, salário baixo, falta de materiais entre outros.

  8. Olá companheiros concursados Meriti/2011, também participei desse concurso para P I – História sendo classificado no cadastro de reserva,peço gentilmente aos companheiros acima que por favor envie algum informe sobre essa reunião realizada com os interessados em mover ação para novas contratações. Desde já agradeço a atenção. Att André Luiz.

  9. Olá Adré. Nós teremos uma manifestação em frente a prefeitura de São João de Meriti às 14h do dia 10/03. O SEPE MERITI estará lá, juntamente com a Marta Moraes do SEPE/RJ. Esperamos você e os concursados do CR para maiores orientações sobre a ação judicial que será movida pelo SEPE. Aqui esta o Link da nossa comunidade: https://www.facebook.com/groups/433795486677407/. Venha participar desta luta você também!!

Deixe uma resposta para Waléria Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.