B. Roxo vai priorizar salário dos servidores e serviços essenciais

Prefeito que zerar a conta para partir para os investimentos. Os atrasados dos servidores, segundo o prefeito, serão quitados até o dia 10 de setembro

Com uma receita menor a cada mês, o município de Belford Roxo está com o alerta ligado. As transferências constitucionais formadas pelo FPM, Fundo Especial do Petróleo, ITR, Royalties e Fundeb somaram pouco mais de R$ 104 milhões no primeiro semestre, quando a Prefeitura esperava arrecadar pelo menos R$ 140 milhões, uma diferença assustadora. Como ponto de equilíbrio o prefeito Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho (foto), decidiu exonerar todos os nomeados em cargos comissionados níveis CC3, CC4, CC5, CC6, CC8, CC9, FG1, FG2, FG3 e FG4. A medida, justifica, vai possibilitar a quitação da dívida com os servidores sem afetar a manutenção dos serviços essenciais. Com as contas arrombadas pelo desastre administrativo que marcou a gestão do prefeito Dennis Dauttimam – situação agravada pela crise econômica que afeta o país – o município espera zerar boa parte do déficit até o fim do ano. “Temos que cortar sem atrapalhar o funcionamento da máquina governamental e é isso que estamos fazendo”, diz o prefeito, garantindo que todas as obras planejadas serão executadas.

A maior preocupação hoje, enfatiza Waguinho, é com funcionários que ainda tem salários de 2016 a receber, créditos de outubro, novembro, dezembro e o 13º salário, mas há quem – no setor de saúde – ainda não recebeu o mês de setembro. No caso do pessoal da Educação falta só o de 13º salário, que o prefeito pretende pagar em agosto. “Os vencimentos da Educação estão em dia, pois temos cumprido o calendário de pagamento estabelecido com o sindicato da categoria e os demais servidores receberão os atrasados até o dia 10 de setembro”, completa Waguinho, afirmando ainda que as exonerações são resultados de “uma medida drástica, mas necessária para sobreviver à crise financeira e garantir o pagamento em dia dos salários dos servidores efetivos, aposentados, pensionistas e comissionados, e manter cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal”.

Comentários:

  1. Corrigindo: faltam os pagamentos do 13o salário desde dezembro do ano passado e o abono de ferias desde abril deste ano. O fundeb entra mensalmente e é parte do investimento na área de educação, mas não a única, já que a prefeitura também tem que injetar sua contrapartida financeira, portanto não estamos com salários em dia. Não é o prefeito X ou Y que nos deve o que a legislação trabalhista nos garante e sim a prefeitura. Se a gestão anterior descumpriu a legislação ou foi incompente ou venal que se processe os responsáveis e quem quis assumir o cargo que assuma os ónus e bónus. Os funcionários é que não podem ser prejudicados por péssimos gestores e pagar salários e direitos trabalhistas em dia não é favor. É obrigação legal. Hoje só queremos um planejamento de pagamento com datas e informações corretas.

  2. [quote name=”Claudio”]Corrigindo: faltam os pagamentos do 13o salário desde dezembro do ano passado e o abono de ferias desde abril deste ano. O fundeb entra mensalmente e é parte do investimento na área de educação, mas não a única, já que a prefeitura também tem que injetar sua contrapartida financeira, portanto não estamos com salários em dia. Não é o prefeito X ou Y que nos deve o que a legislação trabalhista nos garante e sim a prefeitura. Se a gestão anterior descumpriu a legislação ou foi incompente ou venal que se processe os responsáveis e quem quis assumir o cargo que assuma os ónus e bónus. Os funcionários é que não podem ser prejudicados por péssimos gestores e pagar salários e direitos trabalhistas em dia não é favor. É obrigação legal. Hoje só queremos um planejamento de pagamento com datas e informações corretas.[/quote]
    Fundeb não é só para paga professor não.

  3. O pessoal da educação é sempre o primeiro a receber, mas é quem mais reclama. Deveria olhar o Ideb baixissímo e sentir vergonha, pois Ideb é professor e a as paredes das escolas.

  4. [quote name=”Leninha”]Eu não acredito nesse prefeito. Fala uma coisa e depois faz outra.[/quote]
    Eu também, mas os professores se acham o centro do universo. Acham que tudo que entra nos cofres da Prefeitura é para pagar salário, Não é assim não. Os problemas são muito maiores que isso.

    1. Seja lá q profissão q tu tenhas.. agradeça a ele. E no dia em que vc estudar bastante para se estabilizar em um cargo público e a cada troca de governante irresponsável vc ser prejudicado….talvez nos de razão.

  5. O fundeb e a contrapartida orçamentária da prefeitura não são apenas para pagar salários de professores, porem são suficientes para tal e mais, para manutenção e aparelhamento das escolas, serviços, insumos, formação continuada, etc, etc.
    É apenas um problema de gestão e vontade politica…
    ,

  6. Mentira o pagamento da educação não está em dia,temos desconto indevidamente e não temos como comprovar,pois não temos contra cheques tem 1100 funcionários da educação sem pagamento de abril e maior e ainda não nos pagou as férias

  7. É uma pena que contratados não são considerados servidores, somos tratados como lixo exonera, contrata só pra pagar com desconto mas as pessoas continuam trabalhando, e os atrasados dos contratados? De outubro a dezembro? Não faz parte do seu calendário de prioridade? Também merecemos nosso salário em dia embora não seja sua culpa do atraso é seu dever acertar as contas de alguma forma.

  8. Esse prefeito é mentiroso. O salário da Educação não está sendo pago em maio recebi 70,00 de salário. Não tenho como honrar meus compromissos. O Banco não Pára de mandar cobrança. Não recebemos 13• nem as férias de 2016. Várias colegas estão há mais de 3 meses sem salário. Com filhos pequenos em situação desesperadora. Todo o funcionalismo dessa prefeitura estão passando por isso.

  9. No meu caso,sou professora da rede,mas como anobpassado exerci uma função com cargo comissionado,fiquei sem receber os meses de novembro e dezembro, ele pagou esse ano os professores e esse ano eu voltei para o cargo de professor mas ele ñ me pagou…só as ex-diretoras e algumas atuais também, q ñ receberam.Eu já abri processo pela prefeitura e até agr nada.Estamos já no mês 7 e está cada vez mais difícil trabalhar nesse município.

  10. [quote name=”Observador”]O pessoal da educação é sempre o primeiro a receber, mas é quem mais reclama. Deveria olhar o Ideb baixissímo e sentir vergonha, pois Ideb é professor e a as paredes das escolas.[/quote]
    O IDEB É O RESULTADO DO INVESTIMENTO QUE SE FAZ NA EDUCAÇÃO. O QUE TEMOS PARA HOJE É O TOTAL DESCASO POR PARTE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. O FUNDEB É CONSTANTEMENTE DESVIADO PARA OUTRAS FUNÇÕES QUE NÃO A EDUCAÇÃO.

  11. [quote name=”Adriana”][quote name=”Observador”]O pessoal da educação é sempre o primeiro a receber, mas é quem mais reclama. Deveria olhar o Ideb baixissímo e sentir vergonha, pois Ideb é professor e a as paredes das escolas.[/quote]
    O IDEB É O RESULTADO DO INVESTIMENTO QUE SE FAZ NA EDUCAÇÃO. O QUE TEMOS PARA HOJE É O TOTAL DESCASO POR PARTE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. O FUNDEB É CONSTANTEMENTE DESVIADO PARA OUTRAS FUNÇÕES QUE NÃO A EDUCAÇÃO.[/quote]
    O professor fala muito sobre direitos, mas esquece de seus deveres. Ideb é ensino e não escola bonita. Na iniciativa privada o funcionário que não produz é demitido. No serviço público nada acontece.

  12. A pessoa pega o edital de um concurso público e vê o que vai ganhar, Se inscreve, passa e depois se acha no direito de escolher onde e como trabalhar. Esse negócio de estabilidade gera corpo mole.

Deixe um comentário para Lindomar Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.