Lista de parentes nomeados em Itaguaí será encaminhada ao TCE: representação quer auditoria na folha de pagamento da Prefeitura

Charlinho e Abeilardinho são alvos de denúncias por suposta prática de nepotismo

Uma auditoria na folha de pagamento da Prefeitura de Itaguaí. É isto que se pretende junto ao Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, a partir de seguidas denúncias de nomeações de parentes do prefeito Carlo Busatto Junior, Charlinho; do vice-prefeito Abeilard Goulard de Souza Filho, o Abeilardinho, e de membros do primeiro escalão do governo, empregados em cargos de confiança. A listagem deverá ser encaminhada ao TCE ainda está semana e a estimativa é de a prática já tenha custado mais de R$ 1 milhão aos cofres da municipalidade.

A lista de parentes começa no gabinete do prefeito, passa pelo vice e chega às secretarias de Eventos, Esporte e Obras. Charlinho, está na lista que será encaminhada pela Câmara de Vereadores ao TCE, nomeou a esposa Andréia Cristina Marcello Busatto para comandar a Secretaria de Educação e Cultura. Ela tem como subsecretária Cristiane Fiorotti, que seria esposa do secretário de Trânsito Nelson Donato Sobrinho.

Sílvia Veras Ventura, ex-mulher do vice-prefeito, foi nomeada no cargo de diretora financeira do fundo de pensão dos servidores do município, o Itaprevi e hoje preside a instituição. A filha dele, Erika Yukiko Muraoka de Souza é titular da Secretária de Turismo e Esporte, setor que tem como chefe de gabinete Célio de Souza e Silva Junior, que seria cunhado de Abeilardinho.

Já a Secretaria Municipal de Eventos abriga parentes do secretário Fábio Luís da Silva Rocha, e a controladora geral Luzia de Freitas Câmara também tem familiares empregados no governo: Diva de Freitas Câmara é a diretora financeira da Companhia de Desenvolvimento de Itaguaí (Coduita), Evan Las Cazas de Brito Junior é o diretor da Escola de Música, e Raphael Câmara de Brito é lotado na Secretaria de Obras como assessor de conservação.

O espaço está aberto para manifestação da administração municipal de Itaguaí.

Leia também:

Itaguaí tem um ‘governo de família’

Envie seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.