Tempo não está nada bom para a educação em Petrópolis

Mas em meio a crise no setor a Prefeitura confirma novo concurso para contratar 526 professores e 687 novos profissionais de apoio, para poder reduzir a carga horária de trabalho

A postura Sindicato Estadual de Profissionais da Educação (Sepe), que atua no sentido de transformar em palanque político a situação dos professores e profissionais de apoio da rede municipal de ensino de Petrópolis, em vez de ajudar a categoria, “só atrapalha”. Esse é o entendimento da equipe técnica do governo, envolvida nos estudos para que a administração municipal atenda as reivindicações da classe, que, entre outras coisas, quer a redução da carga horária em sala de aula de 20 para 12 tempos, quando a lei estabelece uma contração para 14. Os professores, por sua vez, reclamam que os que se encontram em estado probatório estariam sendo ameaçados de demissão por causa da última greve, o que o prefeito Rubens Bontempo nega.

Crise a parte, o secretário de Administração Henrique Manzani confirma a realização de um novo concurso público para contratar professores para que a redução de 20 para 14 tempos possa ser implantada já no próximo ano letivo e 687 profissionais de apoio. O edital para esse processo seletivo está sendo elaborado, inclusive com a participação do Sepe, mas há na equipe do governo quem não vê com “bons olhos” a postura da entidade, que, revela um membro da administração municipal, “participa das reuniões, firma acordos e depois faz tudo diferente”.

De acordo com dados da Secretaria de Controle Interno, a redução da carga horária de 20 para 14 tempos, demandará na contratação de 526 professores, ao custo de cerca de R$ 17 milhões por ano. Se a redução pretendida pelo Sepe (acima do que a lei determina) fosse aceita pelo governo, o impacto financeiro seria maior ainda. “A lei tem que ser cumprida e nunca negamos isso. Os estudos nos dão uma visão do que temos que fazer, mas não seria responsável dizer que é possível fazer isso imediatamente, principalmente num momento em que o país passa por uma delicada fase econômica. Os municípios estão asfixiados, o que exige ainda mais seriedade e planejamento. O sindicato, que participou, até o início de agosto, das reuniões para a realização destes estudos, sabe disso”, afirma a secretária de Educação, Mônica Freitas.

O que deixa o governo com a “pulga atrás da orelha” em relação ao Sepe é o fato de o sindicato fazer paralisações depois de firmar acordos. O governo lembra que no dia 15 de julho foi assinado um documento estipulando as metas a serem cumpridas, tendo sido agendada uma reunião para o dia 29 do mesmo mês, mas dois dias antes dessa reunião, apesar da negociação estar sendo feita, aconteceu uma paralisação, uma segunda foi feita em agosto e no início deste mês a categoria entrou em greve, o que, entende o governo, foi uma opção pelo embate político.

 

Matéria relacionada:

Contratação de pessoal gera multa em Petrópolis

Comentários:

  1. Em Petrópolis, acontece de tudo, o Prefeito manda e desmanda, faltaram 2 votos para abrir uma CPI contra esse tal de Rubens Bomtempo, porém os vereadores, a imprensa local, e etc… são todos do lado do Prefeito e então fica difícil obter qualquer coisa a favor dos profissionais da educação. Muitos profissionais não aderiram a greve com medo de represálias, pois ele ameaça descontar e até demitir, porém isso não sai de Petrópolis. Por este motivo, quero muito agradecer a Você Eliseu por esta matéria.

  2. O governo Bomtempo está uma gracinha. Além de volta e meia parar tudo na educação, agora todas as obras de contenção também pararam. Gostaria de saber porque. E o pior é o seguinte, a chuvas estão por vir.

  3. Bom Elizeu, primeiramente quero te agradecer pela materia, acompanho sempre seu blog e estava esperando voce falar alguma coisa sobre. Gosto muito da sua imparcialidade, mas tenho que te dizer, a verdade é que o prefeito esta sim ameaçando toda a rede, ameaçando funcionarios de corte de ponto e ameaçando os probatorios que estao aderindo a greve, e nao e a primeira vez, nos funcionarios da rede publica ja o conhecemos desde outros carnavais, e e sabido de suas atitudes em governos anteriores, alem disso, a secretaria de educação ainda tem mandado supervisores as escolas para sondarem quem esta aderindo e esses supervisores estao orientando as diretoras a darem falta a professores que forem ao movimento mesmo se nao faltarem olha aqui :http://www.petropolis.rj.gov.br/pmp/index.php/imprensa/noticias/item/2591-prefeitura-confirma-que-servidores-da-educa%C3%A7%C3%A3o-que-faltarem-o-trabalho-por-paralisa%C3%A7%C3%A3o-ter%C3%A3o-dias-descontados-dos-vencimentos.html

  4. E continuo dizendo, estamos sendo perseguidos e coagidos, atraves das ameaças e do medo, se voce ler a materia da prefeitura podera ver que mesmo atraves desse veiculo publico ele tem nos ameaçado, tem jogado a população contra nos contando mentiras, enquanto a realidade na rede é outra. Esse cidadao da prefeitura chegou ao cumulo de dizer que vai contratar temporarios para suprir a carencia da rede, ou seja, atender os direitos garantidos por lei aos professores ele nao tem dinheiro, mas para a contratação temporaria eles abrem o caixa, beira ao ridiculo, outro ponto que devemos frisar Elizeu, é que a senhora secretaria de educação esta reabrindo escolas “pedindo” auxilio para maes e funcionarios administrativos, ou seja, agora diretores e pasme, pais tem ido cozinhar a merenda dos alunos, gente despreparada para cumprir a função. E se acontecer alguma intoxicação em massa por alimentos como ja aconteceu na rede ? quem vai responder por isso ? as mães ? eles nao tem noção …

  5. E so para finalizar, devo dizer que ano passado ja tinha sido acordado o cumprimento da lei de 1 terço pela prefeitura para este ano, temos atas assinadas pelo prefeito e secretaria, e voltamos a paralisar justamente por nao ver o andamento do acordo, se o acordo foi quebrado por alguem, foi pela propria prefeitura, que alem das atas, tivemos a palavra da nosssa secretaria no microfone em publico, radio e tv gravaram o que ela disse, ela prometeu nao cortar o ponto de ninguem, isso em julho, e quando entramos em setembro somos surpreendidos pelo ponto cortado de toda a rede, sem nenhum aviso, coisa covarde, principalmente contra o pessoal de apoio, onde temos casos de merendeiras que simplesmente nao puderam comprar seus remedios por conta desse corte desavisado, eles nao tem palavra, sao imundos, e falam que estao abertos a negociar mas nao apareceram nenhuma vez a nossa frente para prestar esclarecimentos, se escondem atras de liminares quando a propria camara municipal os convoca ..

  6. De certo Elizeu, as coisas por la estao sendo tratadas ao modo velho oeste, estamos vivendo um coronelismo, uma ditadura em pleno 2014, o prefeito faz o que quer, a camara nao nos representa, o juiz acata as decisoes dele, e a imprensa nao noticia as verdades … O movimento segue fraco pois as pessoas estao sendo coagidas, e fica a denuncia feita por vereador na camara de um desvio de 7 milhoes de reais da educação por isso mesmo, sem investigação, justamente em um momento tao belo da nossa democracia temos casos como este, mas isso e so por agora, ele nao sabe o vespeiro que esta mechendo, quero mais e que ele continue apertando mesmo, dai quero ver o que ele vai fazer quando 80% ou 90% da rede enfurecida com ele, pois a maioria ja nao simpatiza, resolver paralisar, e ir ate o gabinete dele, dai quero ver ele contratar milhares de funcionarios temporarios …

  7. Os concursados de 2011 ainda aguardam a convocação e agora perto do concurso vencer, surgiu uma informação que a administração irá fazer algum tipo de monobra para NÃO convocar estes candidatos aprovados usando como desculpa a “crise” no país.
    Gostaria de saber se, por conta da referida “crise” também posso parar de pagar impostos, iptu, ipva, icms, etc., afinal estamos na crise, vale tudo.
    Será que mais uma vez seremos trapaceados por esta administração traiçoeira?
    Cada vez fica mais evidente que os verdadeiros inimigos do cidadão estão no comando dos poderes, das cidades, estado, judiciario, etc. disfarçados de ovelhas em época de eleição, mas nos apunhalando todo santo dia!
    Nos ajude investigando e denunciando Eliseu!

Deixe uma resposta para Concursado 2011 Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.