Esquema de fraude em contratos da Saúde em Carapebus e Campos pode ter chegado à prefeituras da Região dos Lagos, aponta o MPF

Os agentes chegaram cedo à Secretaria de Saúde de Iguaba Grande – Foto: Divulgação/PF

Um esquema de fraudes em processos licitatórios para contratação de produtos e serviços na área da Saúde detectado no município de Carapebus, no interior do estado do Rio de Janeiro, pode ter se alastrado por cidades da Região dos Lagos. Ontem (24), com apoio da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União o Ministério Público Federal realizou mais uma fase da Operação Octopus, cumprindo mandados de busca e apreensão em Búzios, Araruama, São Pedro da Aldeia, Saquarema e Iguaba Grande.

As ações de ontem são desdobramento de operações realizadas em junho e julho, a partir de inquérito aberto para apurar fraudes na aplicação de recursos do Fundo Municipal de Saúde nos municípios de Carapebus e Campos dos Goytacazes. As investigações, segundo divulgou a Assessoria de Comunicação Social da Procuradoria da República no Rio de Janeiro, “apontam que o mesmo esquema criminoso pode estar sendo replicado nas cidades da Região dos Lagos, com vasto prejuízo ao erário”. As investigações apontam indícios de fraudes em sete contratos firmados com empresas envolvidas sediadas em endereços residenciais, sem empregados e bens, valores que podem passar de R$ 30 milhões.

No dia 31 de julho os agentes estiveram no município de Carapebus e em Campos, onde apreenderam medicamentos, equipamentos de proteção individual, materiais de limpeza e correlatos, produtos para serem analisados por peritos da Polícia Federal. Pelo que foi apurado, as empresas fornecedoras foram escolhidas antes mesmo do início de processos licitatórios ou de dispensa de licitação, além de contratação de fornecedor que possui vínculo familiar com servidor lotado na Secretaria de Saúde.

Matéria relacionada:

MPF e Polícia Federal apuram fraude na Saúde de Carapebus

Envie seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.