Nova sede da Câmara de Itatiaia vai custar mais de R$ 13 milhões

Custo da Casa é estimado em cerca de R$ 15 milhões ao ano

● Elizeu Pires

Marcada por escândalos antigos e recentes – dos 11 parlamentares declarados eleitos em 2020 apenas seis permanecem na Casa –, a Câmara de Vereadores de Itatiaia, município do interior do estado do Rio de Janeiro, é apontada por alguns observadores como um órgão “caro e supérfluo”.

Atualmente o Poder Legislativo consome cerca de R$ 15 milhões por ano, mas vai ficar ainda mais dispendioso, pois custará, além dos valores atuais, mais R$ 13,3 milhões, soma a ser paga à empresa Torson Consultoria e Gerenciamento de Obras pela construção de uma nova sede.

De acordo com o contrato 07/22, assinado no dia 12 de dezembro, a obra deverá ser concluída em três anos ao custo de R$ 13.347.488,88, valor que poderá ser ampliado por termos aditivos, que também poderão estender o prazo estipulado para conclusão do prédio, que terá três pavimentos e vai oferecer mais conforto aos membros do Poder Legislativo, que passarão a contar com gabinetes e espaços mais amplos.

A Torson Consultoria e Gerenciamento de Obras foi declarada vencedora da Concorrência Pública 01/22, concluída no dia 5 de dezembro, mas os únicos documentos referentes à obra disponíveis no site oficial da Câmara de Vereadores são o edital e o contrato. Não há uma ata do processo licitatório ou qualquer outra informação mais detalhada, o que impede que os interessados no controle social garantido por lei a todo cidadão fiquem sabendo quantas empresas participaram do certame e quais foram as propostas por elas apresentadas.

O valor global máximo estimado no edital é de R$ 13.482.445,37, e a empresa declarada vencedora cobrando R$ 134.956,49 menos. De acordo com seu cadastro na Receita Federal a Torson está sediada em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e tem capital social de R$ 1,1 milhão.

Matérias relacionadas:

Novo presidente da Câmara de Itatiaia responde na Justiça por contratação de assessores que, segundo foi denunciado pelo Ministério Público, recebiam salários sem trabalhar

Câmara de Itatiaia já gastou mais de R$ 5 milhões com pessoal

Segredo nos gastos da Câmara de Itatiaia deverá ir parar no MP

Transparência é palavra desconhecida na Câmara de Itatiaia: Casa recebe cerca de R$ 760 mil por mês, mas não publica seus contratos

Envie seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.