Sem edital e sem telegrama em Queimados

Aprovados reclamam que não conseguem ver lista de convocados

A falta de transparência em relação ao concurso público realizado pela Prefeitura de Queimados para preencher 401 vagas na rede municipal de ensino é a principal reclamação dos candidatos aprovados, que não estão tendo acesso nem ao ato de homologação do resultado final, que dirá da primeira lista de convocação. Esses atos, segundo informou ontem a Prefeitura, foram publicados em diário oficial, mas nos candidatos afirmam que não estão conseguindo conferir a listagem.

Outra coisa que está gerando protestos é o atendimento prestado por funcionários do Centro de Produção da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Cepuerj), instituição encarregada desse processo seletivo, que também ficou responsável pelo envio da comunicação aos aprovados convocados.

Via de regra a responsabilidade sobre um concurso público deixa de ser da instituição que o promoveu assim que o resultado final é homologado, mas no caso de Queimados o Cepuerj assumiu o encargo de enviar os telegramas. O elizeupires.com tentou, até ontem, obter informações sobre os atos oficiais referentes a esse concurso publicados no DO da cidade, mas não obteve nenhuma explicação e o prefeito Max Lemos vem se recusando a falar sobre o assunto.

 

 

 

Envie seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.